conteúdos
links
tags
Conferências
Dia 13 de março, às 15h00, no CIME (DeCA)
Nova edição do Talk-ip com Januibe Tejera
Nova edição do Talk-ip com Januibe Tejera
O Post-ip, post-in-progress, leva a cabo mais uma edição do talk-ip! O talk-ip consiste num formato de conferências ou recitais-conferência onde os alunos de pós-graduação (mestrado ou doutoramento) apresentam e discutem o seu trabalho. Através desta discussão podem ouvir ideias, pontos de vista e contributos dos seus pares, para os trabalhos que irão defender no futuro. Todos os alunos de pós-graduação estão convidados a enviar as suas propostas de conferencias ou recitais-conferência. A próxima edição do Talk-ip acontece no CIME (sala 21.3.34), no dia 13 de março, pelas 15h00, com Januibe Tejera, aluno do Programa Doutoral em Música.

Januibe Tejera é um compositor brasileiro, diplomado com um Premier Prix de composição no Conservatório de Música de Paris. Sua obra vem sendo apresentada por grupo  importantes como intercomtemporain, Ictus, Moderno, Tm +, Phace, e integra os principais festivais, tais como o Festival Darmstadt, Musica, o festival présence e Manifeste.

A Orquestra Filarmônica da Radio France encomendou um ciclo de canções, Todo mezclado. Em seguida, em 2015, foi convidado pelo Festival Presença como compositor representando o Brasil para o festival dedicado à música das Américas. Em 2017, o festival Música em Estrasburgo encomendou o seu primeiro teatro musical - Eu Macaco, que será representado no Palau de la Musica em Valência em 2019.
No seu trabalho atual vem-se interessando por processos transmidias, o elo com saberes musicais de outras culturas, assim como o estudo da instrumentação. Atualmente trabalha em um novo projeto co-produzido pelo IRCAM, a Fundação Siemens eo Ensemble TM +, para luz e som, que será estreado em Paris no Festival Manifesto do Centro Pompidou.
Januibe Tejera foi compositor residente em várias instituições, incluindo a Casa Velazquez - Academia de Belas Artes da França em Madrid, da Fundação Camargo, além de ensembles como Hanatsu Miroir, Vertice, Sonora, Warn!ng,... Januibe Tejera é ainda compositor residente na Queen Elisabeth Music Chapell, e começa um ciclo de canções para voz e conjunto instrumental, apoiando-se em uma transmutação de Il Combatimento di Tancredi i Clorinda de Monteverdi. Frequenta o Programa Doutoral em Música (Composição) da Universidade de Aveiro.

Título

Em busca de um folclore imaginário - O estudo etnomusicológico como ferramenta para a composição

Resumo

Esta conferência apresenta o processo e o resultado da análise transcultural durante o trabalho de composição. Entende-se aqui como análise transcultural o processo de observação e estudo de prática e repertórios musicais de culturas exógenas à do autor, visando a obtenção de conceitos e ideias musicais transponíveis a outros contextos e práticas.

Ainda que este processo esteja presente em diversas obras do autor, esta conferência centrar-se-á no trabalho de composição em andamento da obra Tablado (obra para som e luz), com estreia prevista para o mês de junho de 2019, e na qual o processo de análise transcultural vem sendo utilizado, tomando como objeto de estudo a música flamenca.

Parte da etnomusicologia observa a construção de saberes artísticos e criativos, procurando analisar os processos e ritos para a criação do processo de escuta musical. No entanto, aqui, diferentemente de um trabalho antropológico, o seu objetivo final é o de transformar as suas observações em novas obras, abrindo debate tanto para questões estéticas quanto éticas sobre a apropriação cultural.

imprimir
tags
ficheiros associados
evento relacionado
 
outras notícias