conteúdos
links
tags
Cultura
André Fonseca e João Bettencourt da Câmara, em concerto, a 20 de novembro, no Museu de Aveiro
Festivais de Outono: recital de violino e piano
João Bettencourt da Câmara, ao piano, dá recital com o violinista André Fonseca no âmbito dos FO2018
A Fragoso, J. Vianna da Motta, C. Debussy, J. Brahms constituem o programa do concerto de dia 20 de novembro, com o pianista João Bettencourt da Câmara e o violinista André Fonseca, ambos docentes da Universidade de Aveiro (UA). O concerto, integrado nos Festivais de Outono 2018 (FO2018), acontece no Museu de Aveiro, a partir das 21h30. Os FO são uma iniciativa da UA.

André Fonseca

André Fonseca é professor de violino no Conservatório de Música de Aveiro e professor de violino e da classe de orquestra de cordas da UA. É concertino da Filarmonia das Beiras desde julho de 1998 por convite do então Maestro titular Fernando Eldoro, tendo dado mais de 1000 concertos nestas funções em Portugal, Espanha e França.

Como violinista foi 1º prémio nos concursos Jovens Músicos e Maurice Raskin, e 2º prémio no Concurso de Interpretação do Estoril. Apresentou-se em concerto por toda a Europa. Em duo com piano tem dado concertos em diversos Festivais de Música, colaborando também nos concertos promovidos pelo Maestro Atalaya, e tocando várias vezes a convite dos Serviços de Música da Fundação Gulbenkian. Neste contexto tem colaborado com diferentes. Toca habitualmente como solista com orquestra, tendo já tocado com a Orquestra da RDP, Orquestra Colegium Musicum, Filarmonia das Beiras, Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, entre outras.

André Fonseca fundou o Trio de Cordas Luís de Freitas Branco e o Quarteto de Cordas de Aveiro, nos quais dá uma particular atenção à música portuguesa. É frequentemente convidado para júri de concursos e para dar master classes. Já gravou para a RDP e RTP.

João Bettencourt da Câmara

João Bettencourt da Câmara é docente de piano na UA desde 2014, onde se doutorou em 2017 com Louvor e Distinção.

Entre outros, recebeu os seguintes prémios: em 1998, Segundo Prémio no Concurso de Piano Florinda Santos; em 1999, Primeiro Prémio no Concurso Cidade do Fundão; em 2000, de novo o Primeiro Prémio no Concurso Cidade do Fundão; em 2001, o Primeiro Prémio no Concurso Maria Cristina Lino Pimentel. Em 1999, foi designado pela direção do Conservatório Nacional para participar no II Concurso “Veo Veo” Internacional, da Radiotelevisão Espanhola, no qual recebeu o Prémio Especial do Júri.

João Bettencourt da Câmara deu o seu primeiro recital público aos sete anos de idade, e estreou-se como solista aos onze, executando o Concerto para piano e orquestra K. 414 de Mozart, com a Orquestra da Academia de Amadores de Música (Lisboa). Com dezassete anos de idade, prestou provas de admissão a três escolas superiores de música em Londres, Royal College, Guildhall School of Music and Drama e Royal Academy of Music of Music, tendo-lhe sido oferecido, logo após as provas, um lugar em todas elas. Optou pelo Royal College of Music, que lhe atribuiu o estatuto de “Foundation Scholar”. No Royal College of Music obteve sempre elevadas classificações (“First Class Honours”), tendose graduado em 2010 com a classificação, no recital final do curso, de 93%, uma das mais altas da história do RCM, pelo que recebeu o Sarah Mundlak Memorial Prize for Piano, atribuído ao melhor finalista do ano.

Das suas muitas apresentações destacam-se, em 2008, a interpretação do Concerto em ré menor de Mozart, no âmbito do Festival Música em Leiria, em 2009, o recital com que abriu o ciclo de piano da Casa da Música, no Porto, além de outros na Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa) e em França, em 2010, e a execução do Concerto para piano e orquestra N.º 2 de Rachmaninoff com a Filarmonia das Beiras, além de um recital comemorativo do bicentenário do nascimento de Chopin e de Schumann integrado no Festival de Sintra e outro em Londres.

Recital de Violino e Piano - Programa

20 de novembro, 21h30, Museu de Aveiro

André Fonseca, violino João Bettencourt da Câmara, piano

A Fragoso - Sonata inacabada para violino e piano J. Vianna da Motta - Romanza C. Debussy - Sonata para violino e piano J. Brahms - Sonata para violino e piano no. 1

 

Mais informação sobre os FO2018 em http://www.ua.pt/festivaisdeoutono/2018/

imprimir
tags
outras notícias