conteúdos
links
tags
Distinções
Docente no Departamento de Línguas e Culturas
Maria Fernanda Brasete é eleita sócia-correspondente da Academia Mato-grossense de Letras
Maria Fernanda Brasete, professora do Departamento de Línguas e Culturas da UA
Maria Fernanda Amaro de Matos Brasete, professora do Departamento de Línguas e Culturas da UA, foi eleita sócia-correspondente da Academia Mato-grossense de Letras (AML). A eleição decorreu durante a Assembleia Ordinária desta Academia, realizada no passado dia 10 de março, em Cuiabá-MT. A AML é a instituição literária mais tradicional do Estado de Mato Grosso, fundada em 1921 pelo poeta, cronista e tribuno D. Aquino Correa (então, Governador do Estado e futuro membro da Academia Brasileira de Letras) e pelo romancista José de Mesquita, seu primeiro presidente.

Atualmente, o quadro compõe-se de 40 sócios titulares cuja cadeira é vitalícia e tem ainda, nos quadros, correspondentes de mérito, como o poeta e crítico literário Gilberto Mendonça Telles e, agora, Maria Fernanda Brasete.

No caso da professora portuguesa, a moção foi apresentada por cinco académicos: Eduardo Mahon, Olga Maria Castrillon Mendes, Agnaldo Rodrigues da Silva, Lucinda Nogueira Persona e Marta Helena Cocco. Lido o curriculum pelo primeiro proponente, foi realizada a defesa do nome em plenário e, depois, o Presidente Sebastião Carlos Gomes de Carvalho colheu os votos cujo resultado foi unânime: Maria Fernanda Brasete será sócia-correspondente da AML a partir da posse formal a ser agendada, no Brasil.

O Secretário-Geral da instituição mandará uma carta formal à nova sócia para que, no período de um ano, marque o dia que melhor aprouver para a solenidade de posse, onde um académico indicado pelo Presidente fará o discurso de saudação e a própria eleita ficará responsável pela fala principal, uma tradição que se prorroga no tempo.

imprimir
tags
outras notícias