conteúdos
links
tags
Ensino e Formação
Primeira Jornada Académica
Licenciatura em Reabilitação do Património participa ativamente na reabilitação do Forte de Almeida
Reabilitação da Fortaleza de Almeida foi tema de debate promovido por licenciatura da UA
A primeira Jornada Académica 2017-2018, da Licenciatura em Reabilitação do Património da Universidade de Aveiro (UA), sob o tema “Reabilitação das portas interiores de Santo António da Praça-Forte de Almeida”, decorreu a 16 de dezembro, na Fortaleza de Almeida.

Nestas jornadas participaram os estudantes de todos os anos da Licenciatura em Reabilitação do Património e especialistas nacionais com vasta experiência na área da reabilitação do património, provenientes de diversas universidades e organismos públicos. Participaram também as entidades ligadas à reabilitação da Fortaleza de Almeida, o Presidente da Câmara de Almeida, o Consultor arquitecto João Campos e o projectista arquitecto Rui Loza, tendo o Prof. Aníbal Costa moderado a sessão. Esta ação decorreu no contexto do protocolo celebrado entre a UA (Licenciatura em Reabilitação do Património, Departamento de Engenharia Civil) e a Câmara Municipal de Almeida. Neste contexto, foi analisado o estado de degradação das portas interiores de Santo António e foram efetuadas propostas de intervenção.

O debate entre estudantes e profissionais sobre os danos e suas causas, assim como sobre a estratégia de intervenção servirá de base para o projeto a implementar neste local. Desta forma, gerou-se uma participação ativa dos estudantes num caso de intervenção, com um debate alargado a diversos profissionais e entidades, expondo aos estudantes um caso real com a complexidade subjacente a qualquer intervenção similar. A participação dos estudantes foi exemplar e o nível de debate gerado foi elevado, com amplitude de soluções e respetiva fundamentação, contribuindo para uma desejável preservação da autenticidade e desenvolvimento de soluções compatíveis, que devem ser os princípios subjacentes a qualquer intervenção no Património.

A Licenciatura em Reabilitação no Património da UA, única no país, iniciou o seu funcionamento em 2015 e este ano trará ao mercado da construção e reabilitação os primeiros licenciados, que ingressarão no mercado de trabalho através de protocolos celebrados com entidades públicas e privadas. Este curso pretende colmatar uma lacuna no presente de formação técnica especializada nesta área, contribuindo desde já, com estudantes que participam de forma ativa na reabilitação do território.

imprimir
tags
outras notícias