conteúdos
links
tags
Investigação
Encontro decorre na Reitoria da UA a 30 de novembro
Técnicos, investigadores e empresários reúnem-se no âmbito da Rede Competência em Polímeros
Os materiais poliméricos e os biocompósitos são vertentes das parcerias criadas no âmbito da ARCP
Cerca de 40 participantes, entre Investigadores, técnicos e empresários, encontrar-se-ão na 33ª reunião do Conselho Técnico da Associação Rede Competência em Polímeros, a 30 de novembro, na Reitoria da Universidade de Aveiro (UA). Nesta reunião, que tem como objetivo promover parcerias entre centros de ciência e indústria, destacam-se as presenças das plataformas tecnológicas da Floresta e dos Moldes, ambas estruturas informais da UA, e das empresas SIKA Portugal e Vivian Regina.

Esta Rede está, sobretudo, implantada no norte do país e tenta a aproximação à região centro através da UA e, em particular, através desta reunião na UA, promovida pela Associação Rede Competência em Polímeros, com apoio do CICECO-Instituto de Materiais de Aveiro, laboratório associado da UA.

A Plataforma Tecnológica da Floresta da UA e a Plataforma Tecnológica dos Moldes & Plásticos, duas das oito estruturas informais que foram criadas com o objetivo de reforçar a ligação da UA ao tecido empresarial, autarquias e outras entidades nas áreas de maior relevo para o tecido económico, social e cultural. Estas são constituídas por docentes e investigadores, enquadram-se na aposta da UA em articular competências internas direcionadas para setores-chave da economia nacional e regional, com o intuito de dar uma resposta articulada e multidisciplinar, nestes dois casos particulares aos setores económicos da Floresta e Moldes & Plásticos, respetivamente. Esta participação enquadra-se no projeto INTEGRA@TEC - Transferência de competências integradas e geradoras de inovação empresarial na Região Centro, cofinanciado pelo Centro 2020 - Programa Operacional Regional do Centro, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

A Associação Rede de Competência em Polímeros foi fundada em fevereiro de 2007 no âmbito do programa de financiamento para a criação de Redes de Excelência. Envolve quatro universidades – Aveiro, Porto, Coimbra e o Instituto Politécnico de Viseu – oito empresas associadas e vários parceiros industriais. Ao longo destes 10 anos a ARCP tem vindo a alargar a sua área de atuação que, para além de projetos de I&D, inclui a realização de ensaios e análises para os seus associados e entidades externas. A aposta crescente na organização e coordenação de formações na área dos polímeros tem sido uma das suas prioridades. Atualmente, a ARCP está empenhada no apoio à criação de um Programa Doutoral que envolve três Universidades com grandes e complementares competências na vasta área dos polímeros - FEUP/UPorto, FCT/UC e UA. Empresas associadas tiveram a oportunidade de partilhar com os membros do Conselho Técnico as suas atuais prioridades ao nível da Investigação e Desenvolvimento.

No ficheiro associado, no menu à direita, publica-se o programa da 33ª reunião do Conselho Técnico da Associação Rede Competência em Polímeros,

imprimir
tags
ficheiros associados
evento relacionado
 
outras notícias