conteúdos
links
tags
Desporto
Prova decorreu em Olbia – Itália
Treinador de Judo da AAUAv participou no Mundial de Veteranos
António Costa, à dta. e Alexandre Vieira, do Beira Mar, participaram no Mundial de Veteranos
António Costa, técnico do Núcleo de Judo da Associação Académica da Universidade de Aveiro (AAUAv), e Alexandre Vieira, técnico do SC Beira Mar, participaram no Campeonato do Mundo de Veteranos, que decorreu entre 30 de setembro e 4 de outubro, em Olbia – Sardenha – Itália. Esta prova, a mais importante para o escalão de veteranos, contou com mais de meio milhar de participantes. Dois sétimos lugares no Campeonato do Mundo de Veteranos foi o resultado dos aveirenses presentes na prova.

Aveiro esteve representada por dois técnico da modalidade. Alexandre Vieira, atleta e técnico do Beira-Mar, procurava melhorar o seu resultado dos últimos três anos, onde tinha sempre subido ao pódio e conquistado a medalha de prata. António Costa, técnico da AAUAv, procurava melhorar o seu resultado de Málaga 2014, onde tinha conquistado o 9º lugar final.

Perante um sorteio nada facil, Alexandre Vieira fez o possivel por alcançar o seu objetivo. Relegado para as repescagens, depois do combate contra um dos atletas mais fortes da prova e que se viria a consagrar como Campeão Mundial, o aveirense viu a sua “cruzada” ser travada por um atleta de leste, que o colocou fora das medalhas, no sétimo lugar final na categoria M3 -90Kg.

António Costa, que tinha por objetivo melhorar o seu resultado da única participação que teve nesta prova já teve um sorteio muito mais favorável. Arredado da caminhada para a final por um atleta da casa, com mais de 20Kg de diferença do Aveirense, procurou chegar o mais longe possivel na repescagem, mas um atleta da rússia, num combate equilibrado nos primeiros minutos, afastou-o da posssibilidade de lugar pela medalha de bronze na categoria M2 +100Kg.

No final os atletas estavam satisfeitos com a sua prestação. “Queriamos mais, é verdade. Vimos sempre com a certeza que podemos chegar ás medalhas. Neste campeonato não deu, mas foram uns excelentes dias de prova”, referiu António Costa. Alexandre Vieira referia que “o resultado de ambos pode não ter sido o desejado. Não sabemos entrar para perder, mas os sorteios e a qualidade da prova que tem sido cada vez maior, não nos permitiu fazer melhor. Temos a certeza que honramos a bandeira dos nossos clubes, da nossa cidade e de Portugal. Demos tudo o que tinhamos para dar, fizemos o melhor possivel, e estamos orgulhosos disso. Agora é continuar a trabalhar”.

Os atletas participaram a expensas próprias, mas, garantem, esse facto não fez com que a preparação fosse descorada. O ambiente vivido dentro de toda a comitiva portuguesa foi considerado "excelente", pelos dois.

imprimir
tags
outras notícias