conteúdos
links
tags
Bolsas
No âmbito do projeto Smart Green Homes
Aberta bolsa para mestres em Engenharia Eletrónica e Telecomunicações ou áreas afins
Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação (Mestrado) no âmbito do projeto/instituição de I&D SMART GREEN HOMES, (7678), financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020). As candidaturas decorrem entre 14 e 29 de setembro.

POCI-01-0247-FEDER-007678 (264) – BI(M) n.º 07 – DETI

Área Científica: Engenharia Eletrónica e Telecomunicações ou áreas afins;

Requisitos de admissão:

São requisitos obrigatórios:

  • Grau mínimo de Mestrado;
  • Formação em Engenharia Eletrónica e Telecomunicações ou áreas afins;

São requisitos preferenciais:

  • Conhecimentos aplicados de conhecimentos no desenvolvimento de sistemas de aquisição, condicionamento e processamento de dados sensoriais
  • Experiência relevante no desenvolvimento de hardware;
  • Domínio oral e escrito da língua portuguesa e da língua inglesa;
  • Bom relacionamento interpessoal, capacidade de comunicação, espírito de equipa e atuação pró-ativa.

 

Plano de trabalhos:

A bolsa terá por finalidade o desenvolvimento de atividades no âmbito de Tecnologias Aplicadas de informação, comunicação e eletrónica, associado ao perfil base 264 do projeto acima referido, nomeadamente:

  • Desenvolvimento de soluções de sistemas sensoriais para equipamentos de desmineralização e tratamento de águas ou sistemas similares.
  • Especificação, preparação e execução de testes às soluções desenvolvidas
  • Divulgação de Resultados

Legislação e regulamentação aplicável: Lei nº. 40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica); Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT, I. P. aprovado pelo Regulamento nº 339/2015, de 17 de junho de 2015 (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2015.pdf); e o Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da Universidade de Aveiro – Regulamento n.º 341/2011, publicado em Diário da República, 2ª série, n.º 98, de 20 de Maio.

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no Departamento de Electrónica, Telecomunicações e Informática da Universidade de Aveiro, sob a orientação científica do Professor Doutor Luis Nero Alves.

Duração da bolsa: A bolsa terá à duração de 6 meses, com início previsto em Outubro de 2017, eventualmente renovável por períodos iguais até ao término do projeto (num mínimo de 30 meses).

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a € 980, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas directamente pela FCT, I.P. no País (http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/bolsas/valores). A periodicidade de pagamento da bolsa é mensal e através de depósito bancário, cheque ou outra modalidade equivalente.

Métodos de selecção: Os métodos de selecção a utilizar serão os seguintes:

A avaliação das candidaturas será feita em duas fases. Na 1ª fase proceder-se-á à avaliação curricular dos candidatos, incluindo a componente absoluta de mérito e adequação ao perfil. Os 5 (cinco) candidatos com melhor avaliação serão seriados para admissão à 2ª fase, que constará de entrevista individual.

- A avaliação curricular será realizada de acordo com os seguintes critérios:

  • Habilitações académicas (20%);
  • Experiência profissional relevante no âmbito do perfil indicado (60%);
  • Formação complementar relevante no âmbito do perfil indicado (20%).

- A entrevista aos 5 (cinco) candidatos admitidos será conduzida com base em guião que avaliará cada candidato nos seguintes domínios:

  • Conhecimentos específicos para o perfil indicado, de acordo com os aspetos tecnológicos indicados nos requisitos preferenciais (50%);
  • Conhecimentos em tecnologias associadas a casas verdes e inteligentes (10%);
  • Motivação, dinamismo e visão estratégica do candidato (20%);
  • Capacidade de comunicação oral e escrita da língua portuguesa e da língua inglesa (15%);
  • Organização e estruturação dos conteúdos apresentados ao longo da entrevista (5%).

A avaliação final será realizada de acordo com a seguinte ponderação:

  • 60% avaliação curricular;
  • 40% entrevista.

Composição do Júri de Seleção: O júri responsável pela avaliação das candidaturas será constituído pelos Prof. Doutores : Rui Luis Andrade Aguiar, na qualidade de presidente do júri, Luís Filipe Mesquita Nero Moreira Alves e Pedro Nicolau Faria da Fonseca como vogais.

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada por nota final afixada em local visível e público do Departamento de Electrónica, Telecomunicações e Informática, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de e-mail.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 14 de Setembro a 29 de Setembro de 2017.

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos:

  • Carta de motivação da candidatura (máximo 2 páginas A4);
  • Formulário de candidatura, disponível no sítio da Área de Recursos Humanos, em http://www.ua.pt/drh, em Bolseiros/Modelo de Candidatura, com indicação de endereço de correio eletrónico do candidato;
    • Curriculum vitae do candidato;
    • Certificados de habilitações, de formação complementar e de experiência profissional, e outros documentos comprovativos considerados relevantes.

As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para sec@det.ua.pt ou entregues, pessoalmente, durante o período 9h00-12h30, 14h00-17h30, na morada a seguir indicada, ou remetidas por correio para o Departamento de Electrónica, Telecomunicações e Informática da Universidade de Aveiro, 3810-193 Aveiro.

imprimir
tags