conteúdos
links
tags
Opinião
Opinião de Gillian Owen Moreira, Pró-reitora da Universidade de Aveiro
Quando o e-book substitui o book e já não há apontamentos
Gillian Owen Moreira
“Explorar novas tendências na utilização dos média digitais e as oportunidades que proporcionam e partilhar e discutir práticas e experiências de utilização das tecnologias ao serviço da aprendizagem no quotidiano da Universidade de Aveiro (UA)” é um dos grandes objetivos do Teaching Day ’16 que se realiza dia 7 de dezembro. Em artigo de opinião, a Pró-reitora Gillian Moreira deixa as portas abertas à participação de toda a comunidade académica.

Não foi difícil chegar ao tema do Teaching Day ’16.  Na realidade, a integração dos media digitais no ensino superior não é um desafio recente, mas a evolução tecnológica rápida e constante que impacta todas as vertentes da atividade humana obriga a uma reflexão e a uma atualização permanentes no que diz respeito a formas de alcançar um ensino e aprendizagem relevantes, inclusivas, participadas e eficazes.  

Com efeito, a normalização da utilização de ‘novas’ tecnologias no ensino e aprendizagem é geral – utilizam-se computadores, tablets, smartphones, etc.; acede-se a informação de tipologia múltipla; evitam-se o papel, as fotocópias, os arquivos. Os apontamentos transformam-se em fotos tiradas dos slides de uma apresentação a que se assiste; o e-book substitui o book; o email, sms, facebook tomam o lugar do atendimento presencial; o software de comunicação via internet torna desnecessária a presença física.

Mas será tão generalizada a alteração na organização e na implementação de práticas do ensino e aprendizagem que toma partido das potencialidades tecnológicas atuais? O nosso ensino está organizado de forma compatível com a ‘era digital’, abrindo-se para além do espaço/tempo tradicionais da sala de aula?

Possuímos competências adequadas para aproveitar as oportunidades proporcionadas pelos média digitais?

Na organização desta 5ª edição do Teaching Day, pretendemos explorar novas tendências na utilização dos média digitais e as oportunidades que proporcionam, e partilhar e discutir práticas e experiências de utilização das tecnologias ao serviço da aprendizagem no quotidiano da UA. Pretendemos, ainda, confrontar alguns dos constrangimentos e desafios enfrentados na procura de mudança nas práticas letivas.

O programa do dia apresenta, assim, diferentes momentos:  partindo-se da visão de especialistas para a partilha e discussão de práticas através de e-poster e de speedtalks, e a discussão em painéis temáticos de tópicos identificados como sendo de relevância especial: a comunicação e interação entre estudantes e docentes, e a articulação entre avaliação, aprendizagem e tecnologia. As práticas e experiências apresentadas para discussão exemplificam várias tendências, nomeadamente da utilização de ‘ferramentas’ digitais para alcançar novos públicos; para desenvolver projetos de sala de aula internacionais que põem estudantes a trabalhar com estudantes em diferentes países; para implementar estratégias pedagógicas ativas e student-centred; para sustentar práticas de organização curricular inovadoras; para estabelecer e manter novas formas de comunicação, dentro e fora da sala de aula; entre outras.  Alguns dos trabalhos dão enfoque às motivações e às expectativas (dos docentes, estudantes, instituição); outros apresentam exemplos de experiências em outros níveis de ensino, permitindo uma visão mais abrangente.

Desejamos a todos um excelente Teaching Day! 

imprimir
tags