conteúdos
links
tags
Distinções
Trabalho de Jorge Brandão Pereira realizado no Departamento de Química
Tese de Doutoramento da UA recebe Prémio Científico Mário Quartin Graça
Jorge Brandão Pereira
Jorge Brandão Pereira é um dos vencedores da 7ª edição do Prémio Científico Mário Quartin Graça, uma parceria entre o Banco Santander Totta e a Casa da América Latina, que visa distinguir teses de doutoramento realizadas por investigadores portugueses ou latino-americanos em universidades de Portugal ou da América Latina. Jorge Pereira, com a tese “Um conto de dois bioprocessos” realizada no Departamento de Química da Universidade de Aveiro (UA) arrecadou o prémio na categoria Tecnologias e Ciências Naturais.

O trabalho de doutoramento foi desenvolvido sob orientação de João Coutinho e Mara Freire, do Departamento de Química da UA e do CICECO-Instituto de Materiais de Aveiro, e contou também com o apoio académico de José Teixeira e de Lígia Tavares, da Universidade do Minho, de Adalberto Pessoa, da Universidade de São Paulo, e com o suporte financeiro da empresa PARTEX Oil and Gas e da Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

Atualmente a lecionar na Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, em Araraquara, no Brasil, Jorge Pereira, com o trabalho de doutoramento, deu a conhecer dois exemplos de bioprocessos utilizados como alternativa aos processos químicos utilizados pelas indústrias petrolífera e farmacêutica, que se destacam pelo seu baixo-custo, facilidade de scale-up e menor impacto ambiental.

O antigo estudante da UA vai receber um prémio de 5 mil euros.

imprimir
tags
outras notícias