conteúdos
links
tags
Campus
Dia 28 de Julho, no Jardim Oudinot
ESSUA promove encontro aberto a pacientes, famílias e amigos de pessoas com doença respiratória crónica
O Laboratório de Investigação e Reabilitação Respiratória (Lab 3R) da Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro (ESSUA) está a organizar um encontro de pessoas com Doença Respiratória Crónica, assinalando o encerramento de mais um ano do Programa de Reabilitação Respiratória. O evento decorrerá no Jardim Oudinot, dia 28 de julho, a partir das 17h00, é aberto a todos os interessados e propõe um momento de convívio entre os intervenientes no programa e outras pessoas interessadas.

As doenças respiratórias crónicas, das quais se destacam a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), a asma, as doenças ocupacionais e as bronquiectasias, estão geralmente associadas a um conjunto de complicações respiratórias como a falta de ar, tosse e expetoração. No entanto, outras manifestações mais sistémicas estão habitualmente presentes, tais como a fadiga, a fraqueza muscular e a perda de peso, levando ao agravamento do estado de saúde.

As doenças respiratórias crónicas têm assumido números cada vez mais significativos, afetando mais de mil milhões de pessoas em todo o mundo e aproximadamente 40% da população em Portugal. Sensível a esta problemática, a ESSUA criou um Programa de Reabilitação Respiratória dirigido a estas pessoas, suas famílias e amigos.

Iniciado em 2010, o Programa de Reabilitação Respiratória abrange duas componentes principais: a fisioterapia respiratória, da qual fazem parte duas sessões de 60 minutos semanais, e o apoio psicoeducativo que decorre quinzenalmente durante 60 minutos. A fisioterapia respiratória é um dos componentes principais, uma vez que o exercício físico regular, dentro das limitações impostas pela doença, mantém/melhora a condição física e diminui a incapacidade. O apoio psicoeducativo visa capacitar os pacientes/famílias/amigos com estratégias instrumentais e emocionais de forma a facilitar um ajustamento saudável à doença.

De acordo com a equipa da ESSUA dinamizadora do Programa de Reabilitação Respiratória, as palavras que melhor retratam o funcionamento do programa são “ambição, força, interajuda e vitória, uma vez que até à data a grande maioria dos participantes mostrou melhorias significativas no seu estado de saúde, nomeadamente a nível da tolerância ao esforço, na força muscular e na qualidade de vida, dando grande satisfação a todos os intervenientes neste projeto”.

O evento da próxima quinta-feira, dia 28 de julho, promovido pelo Lab 3R da ESSUA inicia-se às 17h00, no Jardim Oudinot, com uma caminhada pelo jardim e termina após um lanche ajantarado que ocorrerá por volta das 18h30. Se tem alguma doença respiratória, é familiar ou amigo de alguém que a tenha ou simplesmente tem interesse em conhecer mais sobre esta matéria, apareça!

 

 

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias