conteúdos
links
tags
Campus
Em colaboração com as principais instituições e organizações ligadas à mobilidade ciclável
Plataforma Tecnológica de Bicicleta e Mobilidade Suave dinamiza “Compromisso pela Bicicleta”
UA une-se à região pela bicicleta
A Plataforma Tecnológica de Bicicleta e Mobilidade Suave da Universidade de Aveiro está a dinamizar a iniciativa “Compromisso pela Bicicleta” em colaboração com as principais instituições e organizações ligadas à mobilidade ciclável (ABIMOTA, Federação Portuguesa do Ciclismo, Federação Portuguesa do Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta, MUBI, entre outras). O "Compromisso pela Bicicleta" é apresentado a 26 de abril, no COMUR – Museu Municipal da Murtosa, pelas 17h30.

Este compromisso visa desafiar autarquias, universidades, organizações da administração pública, empresas e organizações do terceiro setor a promover atividades em prol do uso regular da bicicleta pelos seus trabalhadores. Com esta iniciativa pretende-se ajudar a colocar na agenda pública o tema da bicicleta nas suas múltiplas dimensões, alinhar os esforços dos vários parceiros e tirar partido das competências existentes em Portugal no seio do tecido institucional, universitário, empresarial e cívico visando:

  • _ Reduzir as emissões e a dependência energética dos combustíveis fósseis;
  • _ Aumentar em 10 por cento a quota modal da bicicleta (atualmente representa 0,5 por cento do total das deslocações casa-trabalho/escola);
  • _ Reduzir em 10 por cento o número de deslocações em veículo individual (neste momento constituem 60 por cento do total das deslocações casa-trabalho/escola, Censos 2011), sobretudo as de curta distância e duração;
  • _ Incentivar a aquisição de bicicletas e estimular a produção nacional neste setor;
  • _ Reduzir a sinistralidade rodoviária;
  • _ Estimular estilos de vida saudáveis e combater a obesidade;
  • _ Qualificar e humanizar o espaço público das cidades e vilas.  

Paralelamente, pretende-se que esta iniciativa seja uma oportunidade para gerar uma dinâmica colaborativa entre os diferentes atores, nas matérias da mobilidade, segurança rodoviária, território, ambiente, saúde, educação, desporto e poder local, o setor empresarial, os centros universitários que investigam o tema da bicicleta e os meios de comunicação social locais e nacionais, fortalecendo a troca de experiências e a partilha de competências.

Informações adicionais sobre esta iniciativa podem ser consultadas aqui

imprimir
tags
veja também
 
outras notícias