conteúdos
links
tags
Conferências
Dia 21 de maio, com a presença de Carlos Borrego, diretor do Departamento de Ambiente e Ordenamento
Conferência em Estarreja quer dar pistas para o desenvolvimento sustentável
Carlos Borrego aborda o tema “Investigação & Inovação ao serviço da Economia Verde”
Estarreja propõe-se a debater o crescimento sustentável reunindo à mesma mesa uma dezena de instituições com competências nesta matéria, entre as quais a Universidade de Aveiro. A Conferência “Estarreja 2020 - Crescimento Verde: um compromisso global na agenda local” agendada para dia 21 de maio, pretende criar um momento de reflexão e de debate alargado. Com a presença do Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, José Moreira da Silva, e do Secretário de Estado do Ordenamento do Território e Conservação da Natureza, Miguel de Castro Neto, a conferência contará com a presença de Carlos Borrego, diretor do Departamento de Ambiente e Ordenamento da UA, com a palestra “Investigação & Inovação ao serviço da Economia Verde”.

A conferência promovida pela Câmara Municipal de Estarreja irá incidir sobre os seguintes painéis: aposta no crescimento verde e estratégias integradas de desenvolvimento; estímulo às atividades económicas verdes; promoção da eficiência dos recursos; e contributo para a sustentabilidade. 

As inscrições para assistir às palestras são gratuitas e decorrem até dia 18 de maio através do preenchimento deste formulário online

Apoio ao empreendedorismo verde

A aposta no crescimento verde terá nesta conferência as diferentes visões territoriais e estratégias a implementar ao nível da Região Centro, da Região de Aveiro e do Município de Estarreja.

Os agentes privados também terão um papel a desempenhar neste compromisso e neste ponto é de salientar a presença de entidades como a ANI – Agência Nacional de Inovação - cujo presidente José Carlos Caldeira falará sobre o “Apoio às empresas e ao empreendedorismo verde – oportunidades 2014-2020” - e o Turismo Centro de Portugal a propósito da estruturação da oferta do turismo de natureza.

Recorde-se que o município estarrejense foi distinguido com a bandeira EcoXXI, como reconhecimento pelas suas preocupações ambientais, e tem conseguido dinamizar o binómio economia-ambiente, através de projetos como o Eco Parque Empresarial, o BioRia ou de iniciativas como a feira internacional de birdwatching e turismo de natureza ObservaRia e as ações de sensibilização da população com especial foco na comunidade escolar, além de plataformas como o PACOPAR.

imprimir
tags
outras notícias