conteúdos
links
tags
Cultura
Programa decorre de 7 a 29 de novembro e abre com Brahms
Festivais de Outono 2014: dar palco a jovens talentos e a artistas de renome
Concerto Final do Curso de Arte Orquestral
Os Festivais de Outono, evento promovido pela Universidade de Aveiro (UA), renovam o objetivo de servir a região centro de Portugal com um leque diversificado de ofertas musicais ao longo de cerca de um mês, de 7 a 29 de novembro. O programa da 10ª edição do evento percorre atuações que satisfazem apetites variados, incluindo a ópera, a música barroca e de câmara, recitais de piano, músicas do mundo e obras sinfónicas. O palco será sucessivamente ocupado com jovens talentos com ligação à UA, ao seu Departamento de Comunicação e Arte (DeCA) e à região, mas também artistas de grande relevo na cena musical e internacional. O Festival abre com Brahms, dia 7 de novembro.

A 10ª edição deste festival  que tem vindo a marcar a programação musical, durante este período do ano, funda-se na filosofia de um espaço aberto à multiplicidade das iniciativas e à multidisciplinaridade dos eventos, aglomerados em torno da música.

António Chagas Rosa, programador do Festival e professor do DeCA, esboça um quadro da 10ª edição dos Festivais de Outono, promovidos pela UA: “A UA continua a apresentar um programa para os seus Festivais de Outono que denota continuidade e sustentabilidade dos critérios de programação dos anos mais recentes: dar palco a estruturas da UA e de grande proximidade à universidade, tais como a Orquestra Filarmonia das Beiras e as Orquestras de Sopros e de Cordas do DeCA; apresentar agrupamentos de música de câmara de elevado nível artístico de jovens músicos portugueses, muitos deles provenientes das regiões centro e norte de Portugal, como o Incertus Trio, o ARTrio e o Ensemble Actus Tragicus; promover agrupamentos inovadores em termos de reportório, como é o caso este ano do Trio Porteño; convidar solistas portugueses de prestígio internacional, tais como António Rosado, Marco Pereira e José Pereira; finalmente contribuir para a vida cultural aveirense através de uma programação abrangente, a qual contempla música de câmara, recitais a solo, música sinfónica e ópera.

Privilegiam-se espaços como o Museu de Aveiro e o Teatro Aveirense, apostando na proximidade com a população, a cidade e a região, para além dos restantes espaços e auditórios da UA.

O Festival abre a 7 de novembro, com o Concerto para piano nº2 e a Sinfonia nº4 de Johannes Brahms, pela Orquestra Filarmonia das Beiras, com João Bettencourt da Câmara ao piano e direção de Ernst Schelle.

No dia 14 de novembro sobre ao palco a ópera "Orfeu nos Infernos" de Jacques Offenbach, pela Orquestra Filarmonia das Beiras e o Coro de Câmara da Academia de Música de Castelo de Paiva, direção de António Vassalo Lourenço e encenação de Claudio Hochman.

Mais informações sobre a edição de 2014 dos Festivais de Outono: http://www.ua.pt/festivaisdeoutono/2014/.

imprimir
tags
ficheiros associados
evento relacionado
 
outras notícias