conteúdos
links
tags
Opinião
Formação da UA tem selo EUR-ACE®
Qualidade reconhecida nos cursos de Engenharia Civil em Portugal
Paulo Cachim
A qualidade da formação em Engenharia Civil em Portugal motiva um texto de opinião de Paulo Cachim, diretor do Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Aveiro (UA). O diretor do DeCivil recorda as vantagens do Mestrado Integrado em Engenharia Civil da UA ser um dos dois mestrados integrados em Engenharia Civil em Portugal que possuem o selo de qualidade EUR-ACE® atribuído pela Ordem dos Engenheiros e reconhecido na Europa.

A Engenharia Civil tem sido o centro de várias notícias ao longo dos últimos meses, por várias razões, quase sempre negativas, criando a percepção errada de que a formação em Engenharia Civil não é importante no momento atual. De facto a Engenharia Civil engloba um amplo conjunto de competências. As atividades desempenhadas pelos engenheiros civis vão muito para além da tradicional construção e que passam pela gestão, pela consultoria, pelo planeamento em áreas tão diversificadas como a água e os recursos hídricos, a energia, as estruturas e infraestruturas, a sustentabilidade, a segurança, o conforto, entre tantas outras. Por esse motivo, os Engenheiros Civis têm e terão sempre procura desde que a sua formação seja de qualidade.

A qualidade dos cursos superiores em Portugal é, desde 2007, acreditada pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES). Às ordens profissionais cabe o reconhecimento profissional no âmbito da Diretiva Europeia 2005/36/CE de Reconhecimento de Qualificações Profissionais, designadamente aos cursos de engenharia. A A3ES tem como missão garantir a qualidade do ensino superior em Portugal, através da avaliação e acreditação das instituições de ensino superior e dos seus ciclos de estudos, bem como no desempenho das funções inerentes à inserção de Portugal no sistema europeu de garantia da qualidade do ensino superior. A A3ES tem tido uma intervenção ativa em prol da qualidade do sistema de ensino superior português definindo e garantindo padrões de qualidade exigentes, avaliando e acreditando os ciclos de estudos e divulgando publicamente os resultados dos processos de avaliação e acreditação, fazendo normalmente a comunicação social notícia com o número dos cursos encerrados. Atualmente, todos os ciclos de estudo em funcionamento têm de ter acreditação pela A3ES.

Os cursos de engenharia, contudo, têm disponível um selo europeu de qualidade, complementar à acreditação A3ES, de cariz voluntário, cuja entidade em Portugal responsável pela sua atribuição é a Ordem dos Engenheiros (OE). Este selo europeu de qualidade conferido aos cursos de engenharia pela OE denomina-se EUR-ACE®. O selo EUR-ACE® é atribuído a nível europeu pela ENAEE (European Network for Accreditation of Engineering Education) da qual fazem parte atualmente 14 instituições europeias e nacionais do Reino Unido, França, Alemanha, Portugal, Itália, Roménia, Rússia, Irlanda, Dinamarca e Turquia. Espanha, Finlândia, e Suíça têm o estatuto de candidatos e deverão em breve juntar-se a este grupo.

Para os estudantes e para os graduados em engenharia são várias as vantagens de frequentarem cursos com o selo de qualidade EUR-ACE®: (i) garantia de que os ciclos de estudos com o selo EUR-ACE® possuem elevados níveis de qualidade europeus reconhecidos pelos empregadores europeus; (ii) facilita a candidatura a mestrados e doutoramentos noutras instituições europeias que possuam igualmente o selo de qualidade EUR-ACE®; (iii) nos países em que a atividade de engenharia é regulada garante a qualidade da formação para se tornar um engenheiro qualificado; (iv) facilita a mobilidade de graduados no espaço europeu de acordo com a referida Diretiva Europeia 2005/36/CE; (v) é o nível de educação padrão para atribuição do cartão de engenheiro europeu EUR-ING atribuído pela FEANI, que automaticamente incluiu os cursos com o selo EUR-ACE® na sua lista de cursos com requisitos necessários para atribuição do referido título. A FEANI é uma federação de engenheiros profissionais que unifica as associações nacionais de engenheiros de 32 países europeus, representando mais de 3,5 milhões de engenheiros profissionais na Europa.

O selo de qualidade EUR-ACE® assegura também para os empregadores diversas vantagens, garantindo que os graduados com um curso com selo EUR-ACE® possuem: (i) conhecimentos, compreensão e capacidades práticas de acordo padrões internacionais de educação em engenharia; (ii) consistência com padrões internacionais em educação como o Suplemento ao Diploma ECTS (European Credit Transfer and Accumulation System – sistema europeu de contabilização dos créditos de unidades curriculares que mede as horas, letivas e não letivas, que o estudante tem que trabalhar para alcançar os objectivos do programa de estudos); (iii) formação em engenharia com elevada qualidade (que pode ser verificada de forma fiável) e com relevância para a profissão de engenheiro.

O curso de Mestrado Integrado em Engenharia Civil é um dos dois mestrados integrados em Engenharia Civil em Portugal que possuem o selo de qualidade EUR-ACE® atribuído pela Ordem dos Engenheiros e reconhecido na Europa, atestando assim a enorme qualidade da formação em Engenharia Civil na Universidade de Aveiro.

 

Paulo Cachim

Diretor do Departamento de Engenharia Civil

imprimir