conteúdos
links
tags
Opinião
Opinião de Paulo Cachim, diretor do Departamento de Engenharia Civil da UA
Jornadas de Engenharia Civil da UA – uma outra maneira de aprender
Paulo Cachim fala da formação de futuro na Engenharia Civil da UA
A Semana do Departamento de Engenharia Civil (DECivil) que inclui as Jornadas de Engenharia Civil (JECUA), forum de debate entre investigadores e empresas e de apresentação de resultados de investigação, motiva um texto de opinião de Paulo Cachim, diretor do DECivil. As JECUA são uma organização dos estudantes de Engenharia Civil e do Departamento.

O mundo em que vivemos atravessa um período de mudança e, como quase sempre acontece nestas situações,  os vencedores serão aqueles que forem mais capazes de se adaptar aos novos desafios. O ensino nas escolas de engenharia tem, como em outras áreas do saber, sofrido profundas alterações nestes últimos anos onde, para além da componente técnica, se procura que os estudantes adquiram outras competências que lhes permitam adaptar-se a realidades difíceis de prever. Factores como a criatividade, a capacidade de comunicar, de trabalhar em grupo, de gerir, de liderar ou de inovar, adquirem no contexto atual uma importância acrescida.

As alterações introduzidas com o tratado de Bolonha, levaram a uma profunda alteração do sistema, não só pela duração dos cursos (a face mais visível da reforma para o exterior), mas também, e fundamentalmente, pela alteração do modelo ensino-aprendizagem em que passou a existir uma forte aposta na criatividade e inovação como forma de desenvolver novos projetos que sejam geradores de desenvolvimento e crescimento económico. Para além das alterações introduzidas ao nível do próprio currículo dos cursos, tem-se também procurado aumentar e melhorar a participação ativa dos estudantes, através da sua participação na organização das mais variadas atividades levadas a cabo pelas universidades. Estas atividades promovidas e desenvolvidas pelos estudantes constituem, sem qualquer dúvida, um complemento essencial à sua formação académica e uma mais valia para a sua vida futura.

O Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Aveiro (DECivil) tem procurado, desde sempre, que os seus estudantes de graduação e pós-graduação se envolvam nas iniciativas do departamento e promovam as suas próprias atividades. A semana do DECivil, cuja terceira edição ocorrerá entre 28 de outubro e 1 de novembro, é um exemplo desta participação ativa dos estudantes, e durante a qual para além das Jornadas de Engenharia Civil da UA (JECUA), onde diversos técnicos e investigadores ligados a empresas e universidades apresentarão alguns dos mais recentes avanços na área da Engenharia Civil, serão também apresentados os trabalhos de investigação em curso no departamento, se realizarão visitas de estudo e outras atividades de cariz mais lúdico.

As JECUA são organizadas pelos estudantes de Engenharia Civil da UA em colaboração com o Departamento e, em cada ano, são dedicadas a uma das áreas de investigação do departamento: reabilitação, sustentabilidade e riscos. Depois de nas duas primeiras edições se terem abordado fundamentalmente as temáticas da reabilitação e da sustentabilidade, são este ano dedicadas aos riscos no ambiente construído. Os temas abordados serão a proteção e o reforço sísmico de edifícios, a segurança ao fogo de construções novas e em obras de reabilitação e ainda os riscos associados à proteção da linha da costa.

O dinamismo e o entusiasmo que os estudantes são capazes de demonstrar em qualquer situação são a certeza de que, acreditando neles e responsabilizando-os, o amanhã será seguramente, melhor.

Paulo Cachim

Diretor do Departamento de Engenharia Civil

(www.ua.pt/decivil)

imprimir
veja também