conteúdos
links
tags
Cultura
Concerto no âmbito do Estágio Gulbenkian para Orquestra
Haydn e Tchaikovsky para ouvir na UA
Concerto de encerramento do estágio Gulbenkian para Orquestra
Numa performance única de Haydn e Tchaikovsky, 76 músicos sobem ao palco do Auditório da Reitoria da Universidade de Aveiro (UA), para executar a “Sinfonia nº 100, em sol maior, Militar” e a “Sinfonia nº 4, em fá menor, op. 36”, num espetáculo inserido no encerramento do Estágio Gulbenkian para Orquestra. Em palco, a partir das 21h00, desta quinta-feira, 1 de agosto, estão jovens músicos de todo o país e os maestros Joana Carneiro e Paul MacCreesh. O concerto tem entrada livre.

A Fundação Calouste Gulbenkian está a desenvolver um projeto de estágios para orquestra que tem como objetivo promover a experiência orquestral entre jovens instrumentistas, enquanto complemento da formação académica regular. O primeiro decorre na UA, até 1 de agosto, é organizado em parceria com o Departamento de Comunicação e Arte, e reúne 76 jovens instrumentistas portugueses, entre os 17 e os 25 anos. Os músicos foram selecionados através de provas práticas realizadas em várias localidades do País – Évora, Lisboa, Castelo Branco, Aveiro, Porto e Braga (cidades onde existe ensino de música de nível universitário).

A direção artística do projeto está a cargo de Joana Carneiro que, neste primeiro estágio, tem a colaboração de Paul MacCreesh, maestro titular da Orquestra Gulbenkian. Ambos vão dirigir o concerto de encerramento do estágio, no dia 1 de agosto, às 21h00, no Auditório da Reitoria da UA.

Do programa do concerto, de entrada livre, constam a Sinfonia nº 100, em sol maior, Militar, da autoria de Haydn e a Sinfonia nº 4, em fá menor, op. 36, uma obra de Tchaikovsky.

Para além dos dois maestros referidos, o grupo de tutores neste estágio inclui músicos com uma experiência orquestral e pedagógica consistente (elementos da Orquestra Gulbenkian e da Orquestra Sinfónica Portuguesa):
Alexandra Mendes - 1ºs violinos
Ana Beatriz Manzanilla - 2ºs violinos
Pedro Muñoz - violas
Raquel Reis - violoncelos
Manuel Rego - contrabaixo
Cristina Anchel - madeiras
Paulo Guerreiro - trompas
Hugo Assunção – trompetes, trombones e tuba
Rui Sul Gomes - percussão

Um segundo estágio está previsto para fevereiro de 2014 prevendo-se, nessa altura, uma colaboração muito próxima com a Orquestra Gulbenkian.

imprimir
tags
veja também
 
evento relacionado
 
outras notícias