conteúdos
links
tags
Investigação
Trabalho de investigadores da UA volta a destacar-se em publicações internacionais
Investigação sobre o invulgar código genético da "Candida albicans" na Nature Reviews in Microbiology
Estudo da equipa coordenada por Manuel Santos (ao centro) destacado
O estudo de investigadores da Universidade de Aveiro sobre o invulgar código genético do fungo patogénico "Candida albicans" voltou a ser destacado numa publicação científica internacional e de renome. Após a publicação do artigo em "Proceedings of the National Academy of Sciences" (PNAS), o estudo que mostra como o fungo alterou o seu código genético, antes considerado universal e comum a todos os seres vivos, foi agora destacado na Nature Reviews in Microbiology.

A relevância deste estudo, desenvolvido pelos doutorandos Ana Rita Bezerra e João Simões, sob coordenação de Manuel Santos, professor do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro e investigador do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM), ao longo de quatro anos, foi reconhecida em duas publicações internacionais de relevo: primeiro, a publicação do artigo científico na PNAS e agora o destaque na Nature Reviews in Microbiology.

A equipa descobriu que o fungo patogénico Candida albicans utiliza um código genético diferente do de outros seres vivos e perceberam como foi alterado. A partir daí, alteraram artificialmente o código genético do fungo e testaram o efeito quanto à resistência a antibióticos e ao potencial inflamatório em ratos. Concluíram, então, que a alteração do código genético leva alterações na constituição da parede celular do fungo e  traz vantagens na adaptação às condições ambientais, nomeadamente tornando-o mais resistente aos antibióticos e à resposta imunitária do hospedeiro.

imprimir
tags
veja também
 
outras notícias