conteúdos
links
tags
Distinções
Com o som da guitarra nos dedos e na alma
Aluno de Música do DeCA vence primeiro prémio em concurso de guitarra de Gaia
Tiago Santos
Tiago Santos, aluno da Licenciatura em Música no Departamento de Comunicação e Arte (DeCA) da Universidade de Aveiro (UA) venceu o primeiro prémio do Concurso Nacional de Guitarra "Cidade de Gaia". Natural de Aveiro, desde cedo abraçou esta arte no Conservatório de Música Calouste de Gulbenkian. Agora espera voar mais alto, para paragens como a Alemanha ou Holanda, onde pretende frequentar um mestrado.

O Concurso Nacional de Guitarra "Cidade de Gaia" insere-se no Festival "Guitarrismos" que vai já na quarta edição e decorreu entre 25 de abril e 12 de maio, numa iniciativa da Academia de Música de Vilar do Paraíso, com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia.

A estudar no terceiro e último ano da Licenciatura em Música (na especialidade de Performance em Guitarra), Tiago Santos teve de ultrapassar duas provas: uma eliminatória e uma final. Em cada uma delas tinha de apresentar no mínimo duas obras, sendo que na final não poderia tocar peças repetidas. Assim, na totalidade das suas provas, Tiago Santos apresentou a concurso as obras:  "Junto al Generalife", de Joaquín Rodrigo, "Variaciones sobre un Tema de Sor", de Miguel LLobet e "Sonata para guitarra", de António José, todos compositores espanhóis. Na final participaram dois concorrentes e na eliminatória foram cerca de 40. O Concurso tinha várias categorias, sendo que aquela a que Tiago se inscreveu destinava-se a guitarristas entre os 16 e os 20 anos.

Para o aluno de Música da UA, receber este primeiro prémio foi um momento de “grande felicidade” e de reconhecimento do “bom trabalho” que considera que tem vindo a desenvolver ao longo dos seus estudos. “Já fui algumas vezes premiado, mas a felicidade de receber um primeiro prémio é especial. Senti que estou a fazer um bom trabalho e que esse trabalho deve continuar”, explicou.

A ideia de participar neste concurso partiu dele próprio, pois já conhecia esta iniciativa, bem como dos seus professores de guitarra Pedro Rodrigues e Paulo Vaz de Carvalho. “Na altura das inscrições para o concurso incentivaram-me à realização do mesmo, sempre na expectativa que isso contribuísse para o crescimento da minha experiência como músico”, acrescentou o jovem. “Concorri este ano porque achei que o meu programa se adequava perfeitamente ao regulamento do concurso e que seria uma boa oportunidade para mim”, frisou.

O prémio consiste num “voucher” para usar numa loja de música, onde Tiago vai poder adquirir partituras ou material para guitarra.

A continuação dos estudos em performance através de um mestrado está no seu horizonte mais próximo, assim que terminar a licenciatura, este ano. Tiago tem já em vista algumas hipóteses internacionais, com destaque para universidades na Alemanha e Holanda onde lecionam professores com quem tem interesse em estudar. Mais tarde, gostaria de voltar à UA e, quem sabe, fazer o doutoramento. “Mas para já tenho que me concentrar em acabar o terceiro ano da minha licenciatura!”, destaca.

Sendo de Aveiro e tendo frequentado o conservatório de música local, a escolha da UA para a sua licenciatura não poderia ter sido mais natural: “Sou de Aveiro e conhecia previamente a qualidade dos professores mais diretos da minha área vocacional, o professor Paulo Vaz de Carvalho e o professor Pedro Rodrigues. Por isso, a decisão de estudar na UA foi fácil. Assim que as aulas começaram, facilmente confirmei todas as boas referências em relação à universidade, nomeadamente as excelentes condições, o corpo docente e o enorme espírito académico que a universidade respira. Por todas estas razões, escolhi a UA”.

Tiago Santos foi admitido no Conservatório de Música de Aveiro Calouste de Gulbenkian aos 10 anos, onde estudou com Graciano Pinto e Carlos Abreu, terminando os estudos em 2011 com a classificação máxima.

Atualmente frequenta o último ano da Licenciatura em Música (Performance em Guitarra) na UA sob orientação de Paulo Vaz de Carvalho e Pedro Rodrigues. Na vertente de música de câmara é orientado pelo clarinetista Luís Silva, pela pianista Helena Marinho e pelo compositor António Chagas Rosa.

Apresentou-se a solo em espaços como o Teatro Aveirense, Auditório da Reitoria da UA, Hotel Meliã Ria (Aveiro), Conservatório de Música de Seia, Conservatório de Música de Águeda, Escola Profissional de Música de Espinho, Escola de Artes da Bairrada, Casa do Infante (Porto) ou o Museu Nogueira da Silva (Braga).

Foi convidado para diversos eventos como o “4º curso dos Encontros de Guitarra de Seia 2010”, “Semana da Guitarra 2011” (Águeda, Aveiro) ou o “I Congresso Organológico em Portugal”.

Paralelamente a esta atividade performativa, participa regularmente em masterclasses e cursos de aperfeiçoamento técnico e interpretativo com  guitarristas nacionais e internacionais tais como Dejan Ivanovic, Marco Tamayo, Roberto Aussel, Roland Dyens, Fabio Zanon, Margarita Escarpa, Rafael Andia, Judicaël Perroy, Jéremy Jouve, Gilson Antunes, Fabiano Borges, Goran Krivocapic Pedro Rodrigues, Júlio Guerreiro, Paulo Vaz de Carvalho, Tiago Matias, Davide Amaral e João Moita.

Além de ter sido vencedor do IV Concurso Nacional de Guitarra “Cidade de Gaia”, já foi também premiado nos seguintes certames: “14º Concurso Internacional Sta. Cecília”, “Concurso Internacional “Cidade do Fundão” 2011” e “VIII Concurso de Guitarra de S. João da Madeira”.

 

imprimir
tags
outras notícias