conteúdos
links
tags
Investigação
Pedro Castelo-Branco, investigador do Centro de Investigação de Tumores Cerebrais do hospital pediátrico de Toronto
Antigo aluno da UA descobre novo biomarcador de cancro
O investigador Pedro Castelo-Branco, licenciado em Biologia na Universidade de Aveiro
Antigo aluno da Universidade de Aveiro, Pedro Castelo-Branco, descobriu um novo marcador biológico de cancros no cérebro. O estudo do investigador do Centro de Investigação de Tumores Cerebrais do hospital pediátrico de Toronto, no Canadá, revela que a atividade do gene hTERT sofre alterações unicamente em cancros cerebrais nas crianças. O trabalho da equipa liderada por Pedro Castelo-Branco, licenciado em Biologia pela academia de Aveiro, foi publicado na última edição da revista The Lancet Oncology e os resultados podem ser utilizados para melhorar o diagnóstico dos cancros e as respetivas terapias.

As conclusões do estudo permitirão desenhar terapias mais dirigidas a cada paciente. “Por um lado os pacientes de alto risco poderão ter terapias mais agressivas enquanto que os de baixo risco poderão ver as suas terapias diminuídas, reduzindo assim efeitos secundários”, explica Pedro Castelo-Branco. “A confirmar-se, este biomarcador poderá vir a ser utilizado em outros tipos de cancro tais como o da próstata ou o do cólon”, antevê o investigador doutorado em Biologia Molecular pela Universidade de Oxford.

O trabalho agora revelado envolveu 350 crianças e jovens com tumores cerebrais, acompanhados em diferentes centros de investigação oncológica europeus e da América do Norte.

Para além dos cancros do cérebro nas crianças, os investigadores apontam já para a possibilidade do biomarcador estar igualmente presente em cancros de adultos, nomeadamente da próstata, como indicam já alguns resultados preliminares. Leucemia e cancro do cólon estão igualmente na mira de doenças oncológicas onde o biomarcador poderá proporcionar resultados importantes.

“Este é um trabalho translacional mas com base em questões de biologia fundamental que me foram ensinadas na UA”, lembra Pedro Castelo-Branco.

imprimir
tags
outras notícias