conteúdos
links
tags
Distinções
Segundo ano consecutivo como a melhor nacional no ranking de Leiden
Universidade de Aveiro é a primeira portuguesa em “performance” científica
Produção científica da UA lidera em Portugal
A Universidade de Aveiro (UA) destaca-se em relação às restantes universidades portuguesas quanto à prestação científica e está no lugar 133 da Europa, contabilizando todas as áreas científicas, de acordo com ranking CWTS publicado pela Universidade de Leiden. É o segundo ano consecutivo em que o ranking de Leiden coloca a UA na frente das portuguesas. Na área de “Ciências Naturais e Engenharia”, a UA surge no lugar 69 das universidades europeias.

O ranking de Leiden avalia a prestação científica das 500 melhores universidades de todo o mundo, através de indicadores especificamente criados para medir o impacto científico das universidades e a colaboração científica, com base nas publicações indexadas na Web of Science e, neste caso, relativas ao período de 2008 a 2011. A UA é a melhor portuguesa neste ranking pelo segundo ano consecutivo. 

Dos indicadores de impacto adotados pela equipa da Universidade de Leiden, a chamada «Proporção de publicações no top 10%» é considerado o mais estável, ou seja, a proporção de publicações da universidade que, comparadas com outras publicações similares (na mesma área científica, com o mesmo ano de publicação e o mesmo tipo de documento), pertenceram ao top das 10% citadas mais frequentemente. É a expressão deste indicador, o “PP (top 10%)”, que coloca a UA na posição cimeira, a nível nacional, com as Universidades Nova, Técnica de Lisboa e Porto, nas posições seguintes. 

Na área “Ciências Naturais e Engenharia”, a UA lidera em Portugal e surge no lugar 69 da Europa e 191 do mundo. Nas áreas “Biomedicina e Ciências da Saúde” e “Matemática e Ciências da Computação”, a UA aparece em terceiro lugar nacional e em, respetivamente, 157 e 129 lugar europeu. 

No critério “MNCS”, número médio de citações de uma universidade normalizado para os diferentes campos científicos e ano de publicação, a UA aparece igualmente em primeiro lugar nacional, com as Universidades Nova de Lisboa, Técnica de Lisboa e Porto, também nas posições seguintes. 

Também este mês, num outro ranking, divulgado recentemente pelo SCImago, centro de investigação dedicado à avaliação científica que reúne universidades do espaço ibero-americano, a UA lidera a lista das sete universidades portuguesas avaliadas. Esta avaliação teve em conta o impacto das publicações, estando a UA 26% acima da média mundial e em 29º entre as 40 melhores da Península Ibérica e da América do Sul.

imprimir
tags
outras notícias