conteúdos
links
tags
Bolsas
Candidaturas abertas até 01 de agosto de 2019
Bolsa de Investigação para Mestre em área de Engenharia Química
Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação (Mestre) no âmbito do Projeto em Copromoção I&D Empresas intitulado “SGH - SMART GREEN HOMES - projeto n.º7678” (POCI-01-0247-FEDER-007678), financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI), nas seguintes condições:

Área Científica: Engenharia Química

Requisitos de admissão obrigatórios:

  • Mestre em Engenharia Química;
  • Média de Mestrado Integrado ou Média de 1º+2º ciclos superior ou igual a 15 valores
Plano de trabalhos: Trabalhos realizados no âmbito das tarefas A4.T9, A10.T6 e A15.T9.

- Caracterização de materiais micro/mesoporos;

- Medição de equilibro e cinética de adsorção de poluentes do ar;

- Montagem de uma unidade laboratorial de adsorção cíclica;

- Modelação, simulação e otimização de processos cíclicos de adsorção (PSA/TSA);

- Estudos de scale-up dos processos cíclicos de adsorção.

Legislação e regulamentação aplicável: Lei nº. 40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica - https://www.fct.pt/apoios/bolsas/estatutobolseiro.phtml.pt); Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT, I. P. aprovado pelo Regulamento nº 339/2015, de 17 de junho de 2015 (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2018.pdf); e o Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da Universidade de Aveiro – Regulamento n.º 341/2011, publicado em Diário da República, 2ª série, n.º 98, de 20 de Maio.

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no CICECO - Laboratório Associado da Universidade de Aveiro, sob a orientação científica dos Doutores Carlos Manuel Silva, Anabela Tavares Aguiar Valente e Ana Luisa Daniel da Silva.

Duração da bolsa: A bolsa terá a duração até março de 2020, com início previsto em agosto de 2019.

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a € 989.70/mês, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas directamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

Métodos de selecção: Os métodos de selecção a utilizar serão os seguintes:

1. Avaliação curricular – com valoração de 100 %, que será realizada de acordo com os seguintes critérios:

• Média de Mestrado Integrado ou Média de 1º+2º ciclos;

• Classificações em unidades curriculares (do Mestrado Integrado ou do 1º+2º ciclos) relevantes para o desenvolvimento do projeto;

• Número de anos decorridos desde a obtenção mestrado;

• Competências laboratoriais e em métodos numéricos/programação;

• Outros dados curriculares com interesse para o projeto;

 

2. Caso o júri não se considere apto a decidir utilizando o método indicado em 1, poderá optar por realizar uma entrevista que avaliará os 3 melhores candidatos nos seguintes domínios:

• Conhecimentos específicos para a execução do plano de trabalhos a desenvolver (75%);

• Capacidade de comunicação (25%).

A avaliação final será executada de acordo a seguinte ponderação:

• 60% avaliação curricular;

• 40% entrevista.

Composição do Júri de Selecção:

Presidente: Carlos Manuel Silva

Vogais efetivos: Anabela Tavares Aguiar Valente e Maria Inês Portugal Branco

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada por nota final obtida, sendo todos os candidatos notificados através de email.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 19 de julho a 1 agosto de 2019.

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: Curriculum Vitae, certificado de habilitações e suplemento ao diploma com as classificações de todas as unidades curriculares discriminadas.

As candidaturas deverão ser enviadas por correio electrónico para: carlos.manuel@ua.pt

imprimir
tags
outras notícias