conteúdos
links
tags
Campus
De 21 a 23 maio, na FIL – Parque das Nações
UA empreendedora promove-se na Portugal Smart Cities Summit 2019
A Universidade de Aveiro volta a estar representada na Portugal Smart Cities Summit 2019 (by Green Business Week), de 21 a 23 de maio, na Feira Internacional de Lisboa (FIL), no Parque das Nações, para dar a conhecer a sua vertente empreendedora nas Cidades Inteligentes recorrendo a aplicações integradas das áreas de Tecnologias de Informação e Comunicação e Eletrónica (TICE), Ambiente, Transportes e Mobilidade Inteligentes, Energia, Água, Resíduos, Tecnologias e Serviços.

Dia 21 a 23 de maio, a Universidade de Aveiro regressa à Portugal Smart Cities Summit, que agora detém uma nova localização, com muitos mais interlocutores presentes. Com o mote “O Futuro Passa Aqui”, a Portugal Smart Cities Summit pretende ser um local por excelência de convergência e o marketplace físico de criação de oportunidades entre empresas, universidades, associações, startups e municípios, com um objetivo comum: debater o futuro das Smart Cities e promover oportunidades de negócio, procurando melhorar a vida dos cidadãos

Outra alteração do programa deste ano, é a existência de 11 conferências a decorrer paralelamente às exposições existirão, que se encontram divididas pelos 3 dias, com a presença de oradores de renome a nível internacional no que toca a tecnologias, mobilidade, desenvolvimento e investigação da rede constituinte das smart cities e conferências de debate sobre os temas mais relevantes da atualidade.

No espaço da UA decorrerá pontualmente a apresentação de alguns protótipos, sendo dado enfoque ao projeto integra@tec - Transferência de competências integradas e geradoras de inovação empresarial na Região Centro. No âmbito deste projeto, a UA tem sido representada em cerca de 20 feiras de caracter técnico, e em mais de duas centenas de feiras no total, apresentando tecnologias e protótipos cujas aplicabilidade e capacidade de criar valor acrescentado têm estado a ser demonstradas junto de diferentes empresas neste contexto. Assim, no Portugal Smart Cities Summit decorrerão as seguintes ações de demonstração de resultados I&D:

  • DEMO #3 – Secagem de Macroalgas por micro-ondas
  • DEMO #6 – Controlo postural ovino
  • DEMO #7 – Plataforma de monitorização animal
  • DEMO #8 – Conceção e produção de pelóides para utilização cosmética e de bem-estar
  • DEMO #12 – Sensor piezoelétrico biodegradável e biocompatível
  • DEMO #13 – Desenvolvimento de Novos Produtos que Promovam a Mobilidade e a Acessibilidade
  • DEMO #17 – Deteção e mitigação da corrosão dos materiais
  • DEMO# 19 – Sistema integrado de alta resolução para monotorização topográfica
  • DEMO #20 – Espumas híbridas de metal e nanocelulose leves multifuncionais
  • DEMO #21 – Plataforma web de bicicletas instrumentadas
  • DEMO #38 – Incorporação de nanomateriais para customização de termoplásticos reciclados para aplicações em fabrico aditivo
  • DEMO #39/41 – Promoção de modelos de negócio circulares: Processamento de termoplásticos reciclados por moldação por injeção, por extrusão e por compressão
  • DEMO# 23 – Avaliação da eficácia e toxicidade de tintas anti-vegetativas
  • DEMO #25 – Melhoria de processos de extração utilizando a tecnologia de alta-pressão – Extração das partes comestíveis de crustáceos e bivalves
  • DEMO #35 – Dispositivo para avaliação do nível de proteção UV
  • DEMO #43 - Filamentos biodegradáveis com cortiça para sistemas de impressão 3D
  • DEMO #49 – Informação em tempo real para transporte público
  • DEMO# 50 – Aumento da produtividade do cultivo de salicórnia por engenharia da rizosfera: inoculação com bactérias promotoras do crescimento
  • DEMO #52 – Capacete em impressão 3D
  • DEMO #53 – Portal LIFE PAYT
  • DEMO #54 – Sistema de Monitorização e Validação de Operações de Cargas Contentorizadas
  • DEMO #58 – Nómada
  • DEMO #59 – Depuração de moluscos bivalves produzidos em zonas com classificação C

Paralelamente às ações de demonstração do projeto integra@tec, referir que também estarão em foco dois projetos:

  • Ghisallo – Investigação e desenvolvimento de uma nova solução de comutação urbana, assente num novo conceito de veículo elétrico de próxima geração
  • Automatic booking system with smart door lock and Paypal payment

O projeto integra@tec, coordenado pela uacoopera, reúne uma equipa multidisciplinar de 48 docentes, investigadores e técnicos da UA que visa potenciar o trabalho desenvolvido nas diferentes áreas de cooperação multidisciplinares e apoiar a transferência de conhecimento científico e tecnológico para o tecido empresarial e outras entidades. O seu objetivo é fomentar a inovação e a endogeneização dos resultados de I&D existentes, através da integração de conhecimentos e tecnologias, como resposta às necessidades dos setores “Soluções Industriais Sustentáveis” e “Valorização e uso eficiente dos recursos naturais endógenos”. Em ambos os setores, o integra@tec promoverá a transferência de conhecimento científico e tecnológico da UA, em áreas disciplinares distintas e de forma multidisciplinar, promovendo também as suas competências no desígnio da “Indústria 4.0” e possibilitando o acesso das entidades interessadas a seminários de inovação empresarial e a atividades de demonstração, estas últimas tendo como foco duas cadeias de valor, base dos projetos demonstradores integrados. Este esforço é cofinanciado pelo Centro 2020 – Programa Operacional Regional do Centro, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. Para mais informações em relação ao projeto, os interessados internos e externos à UA devem contactar a uacoopera (uacoopera@ua.pt) ou passar pelo stand da Universidade de Aveiro na Portugal Smart Cities Summit 2019.

Esta presença faz-se como parte da missão da estrutura de interface com o exterior, uacoopera, a qual pretende fomentar a ligação da Academia ao tecido empresarial do setor. Em cada um destes eventos são recolhidas interações, que depois são devidamente direcionadas aos investigadores e docentes da nossa Academia, procurando criar novas ligações ao exterior e potenciar projetos conjuntos que possam vir a estar na origem de soluções inovadoras e de valor acrescentado.

Para informações adicionais do evento, poderão consultar o site da Portugal Smart Cities Summit 2019, aqui.

 

imprimir