conteúdos
links
tags
Cultura
Conexão - Brasil Central - Portugal
Quinteto com a Musicóloga Prof. Drª Ana Guiomar Souza
Conexão Brasil central - Portugal
Realiza-se no dia 29 de abril, pelas 18h:00, no Auditório do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro um Concerto pelo Quinteto Metais do Cerrado. Pretende-se uma conexão musical entre Goiás e Portugal através de um ponto cultural comum, as modinhas, promovendo um resgate histórico deste género levado pela colonização portuguesa. A musicóloga Ana Guiomar Souza proferirá uma palestra sobre a Música de Goiás e as influencias da música Portuguesa. Entrada livre.

O Quinteto de Metais do Cerrado é formado por alguns dos mais destacados músicos de instrumentos de metais residentes em Goiás. Entre os seus membros estão professores das mais importantes instituições de ensino de música goianas (UFG e IFG), quase todos pós-graduados (Mestrado e Doutoramento). São solistas atuantes, professores e pesquisadores. O seu repertório dá ênfase à música brasileira e os seus concertos têm-se diferenciado por apresentar resultado performático de alto nível artístico e estético das suas atividades de pesquisas, solistas e didáticas, sempre de maneira acessível para o público em geral. A qualidade do seu trabalho de música de câmara tem vindo a ser muito elogiado pelos seus pares, críticos e público.

Realizaram vários projetos próprios de cunho didático-performático como a Turnê Estadual (2016) com 12 concertos e máster-classes pelo interior de Goiás, Metais de Cerrado e Chimomi nos parques realizando intervenções artística-musicais nos parques de Goiás e Reciclando Sons (2018) com 8 apresentações e aulas nas bandas escolares de periferia. O Quinteto tem sido ainda convidado para se apresentar em importantes espaços musicais e Festivais de Música, destacando-se: Seminário Internacional de Performance e Pesquisa em Instrumentos de Metais, Festival Música do Forte (Fernando de Noronha), Encontro Brasileiro de Metais Basileu França, Festival de Artes do IFG, Fórum de Instrumentos de Metais do Centro-Oeste, entre outros.

Para 2019, prepara a projeto "Conexão Brasil Central-Portugal" com uma série de concertos em Portugal com repertório somente de compositores brasileiros e músicas regionais de Goiás e a Turnê Nacional por inúmeras cidades da região Sudeste e Nordeste Brasileiro. Ambos os projetos são patrocinados pelo Governo do Estado de Goiás por meio da Lei Goyazes e do Fundo de Artes de Cultura de Goiás, respectivamente.

Integrantes:

Dr. Antônio Marcos Souza Cardoso (trompete) é professor de Trompete da Universidade Federal de Goiás. Por vinte anos ocupou a posição de Primeiro Trompete da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo e a cadeira de Professor de Trompete da Faculdade de Música do ES, onde cursou o Bacharelado em Trompete. Na UNIRIO, sob orientação do Prof. Nailson Simões, adquiriu os títulos de Mestre e Doutor em Música (Práticas Interpretativas). Como solista, apresentou os concertos para trompete de Haydn, Neruda, Arutjunian, Handel, Bach, Copland, Ketting, DUDA e Curnow.

Dr. Marcos Botelho (trombone) possui graduação em Música-Trombone (2003) e mestrado em Música pela UFRJ (2006), além de ser Doutor em Música pela UFBA. Atualmente é Professor de Trombone e Música de Câmara na UFG. Desenvolve pesquisa sobre as Bandas de Músicas e o ensino de trombone no Brasil. Tem significativa atuação como camerista, sempre destacando o repertório brasileiro.

Ms. Alessandro da Costa (trompete) possui o curso de licenciatura em música pela UFG e mestrado pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás na linha de pesquisa Música Criação e Expressão. Atualmente é professor do Instituto Federal de Goiás.

Ms. Ester Oliveira (tuba) possui o Curso de Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio em Eufônio, é graduada Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás e Mestre em Música pela Universidade Federal de Goiás. Atualmente é professora de musicalização e iniciação instrumental no Colégio Militar do Estado de Goiás – Unidade Polivalente Vasco dos Reis (banda marcial).

Igor Yuri Vasconcellos (trompa) começou os estudos de trompa na escola de música da UFRJ sob orientação do Professor Carlos Gomes, ingressou na OSB jovem, orquestra onde fez parte durante 4 anos. Foi contratado da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Atualmente ocupa o cargo de trompa solista da Orquestra Filarmônica de Goiás.

Apresentações do grupo:

https://youtu.be/3ChxZn-S5pQ

https://youtu.be/G2E12-wy6jo

https://youtu.be/HBD5yjSSL2w 

-- 

Em anexo: nota de imprensa (inclui biografias detalhadas dos integrantes), folha de sala, cartaz

imprimir
tags
ficheiros associados
evento relacionado
 
outras notícias