conteúdos
links
tags
Publicações
From Marketing Education to Marketing Profession
Sessão de apresentação do livro “Evaluating the Gaps and Intersections Between Marketing Education and the Marketing Profession"
From Marketing Education to Marketing Profession
No dia 20 de março realizou-se no ISCA – Universidade de Aveiro um seminário sobre Ensino e Profissão de Marketing que integrou a apresentação do livro “Evaluating the Gaps and Intersections Between Marketing Education and the Marketing Profession”, coordenado por Margarida Pinheiro, Ana Estima e Susana Marques, professoras daquela Instituição, e publicado pela IGI Global. A sessão contou com a presença de dois ilustres oradores, o Prof. Doutor Carlos Brito da Faculdade de Economia da Universidade do Porto e o Prof. Doutor Arnaldo Coelho da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra que desafiaram e inspiraram a plateia, repleta de estudantes.

Como ficou bem patente, a temática em análise não poderia ser mais atual. O Marketing será muito provavelmente a área de gestão que mais transformações tem sofrido com os efeitos diretos e profundos da globalização, da revolução digital e do crescente escrutínio sobre o papel das empresas na sociedade. Inevitavelmente, essas mudanças exigem que a academia e os profissionais se reinventem, se reposicionem e redefinam os seus papéis e responsabilidades, para identificar e potenciar novas convergências e interseções. O desafio não é simples mas impõe-se, como sublinhado por Lisa O´Malley no prefácio do livro: Pensar em termos do que os estudantes precisam da educação, do que os empregadores precisam dos graduados, do que as economias e as sociedades precisam das empresas e dos cidadãos, e de como todos estes impactam e são impactados pelo ambiente natural, resulta num menu complexo e muitas vezes irreconciliável do que o ensino de marketing deveria e não deveria ser. Portanto, é algo sobre o qual devemos refletir profundamente, ler amplamente e debater intensamente. E é precisamente isto que o livro pretende fazer: debater e contribuir através das experiências e do compromisso de 19 autores, revisores, membros da comissão científica e editores, envolvendo 20 universidades, distribuídas por 8 países e 3 continentes.

A obra está organizada em duas partes: a primeira delas estabelece o contexto, integrando, num registo assumidamente crítico e desafiador, cinco contribuições sobre o papel do marketing na sociedade; a segunda parte, com seis capítulos, segue um formato mais clássico e aborda diversos temas, incluindo o papel das escolas de negócios e de gestão, a necessidade de uma educação para a ética, o potencial da educação em marketing social nas parcerias comunidade-academia, a integração das teorias da inovação no design de cursos e a relevância das competências linguísticas no currículo de marketing.

Há, de facto, muito a fazer no que respeita ao que as instituições de ensino superior esperam das empresas e podem fazer com elas e muito a fazer no que respeita ao que as empresas esperam das instituições de ensino superior e podem fazer com elas. O que importa, e isso ficou muito vincado no debate, é que tudo pode acontecer, e vai acontecer, com colaboração, inovação, criatividade e o sentido de que “não é só saber como ensinar Marketing, mas sim saber o que fazer com ele. Porque o Marketing não é mais um instrumento, é, sim, a coisa em si mesma.”

 

imprimir
tags
outras notícias