conteúdos
links
tags
Distinções
João Borges é um dos 118 jovens escolhidos pela organização internacional
Investigador do CICECO/DQ escolhido para a Tabela Periódica de Químicos Jovens da IUPAC
João Borges é um dos 118 jovens químicos na Tabela Periódica da IUPAC
João Borges, investigador no Grupo de Investigação COMPASS, do Laboratório Associado CICECO – Instituto de Materiais de Aveiro, e associado ao Departamento de Química, foi selecionado para figurar na Tabela Periódica de Químicos Jovens. Trata-se de uma iniciativa da União Internacional de Química Pura e Aplicada (International Union of Pure and Applied Chemistry – IUPAC, em inglês) para assinalar os 150 anos da Tabela Periódica dos Elementos Químicos, Ano Internacional da Tabela Periódica (2019) e, simultaneamente, celebrar o 100º aniversário da IUPAC.

“A Tabela Periódica de Químicos Jovens visa honrar um grupo diversificado de 118 químicos jovens de todo o mundo que se destaquem pelo seu trabalho excecional, corporizando a missão e os valores da IUPAC, simbolizando a diversidade de carreiras, criatividade e dedicação dos químicos jovens que nos levarão até ao próximo século”, explica a IUPAC.

Desde julho de 2018 e até ao próximo congresso da IUPAC, a ter lugar em Paris em julho de 2019, todos os meses são escolhidos 10 químicos jovens para figurarem na Tabela Periódica da IUPAC. João Borges foi selecionado para representar o elemento químico Rubídio (Rb).

João Borges, 32 anos, membro do grupo de investigação COMPASS, liderado por João Mano, tem vindo a dedicar-se ao desenho à escala molecular, à síntese e ao desenvolvimento de biomateriais supramoleculares (i.e., recorrendo a interações não-covalentes), funcionais e biomiméticos para aplicações biomédicas e fins terapêuticos. Em particular, João Borges tem desenvolvido biomateriais, compreendendo polímeros de origem marinha e péptidos com capacidade de auto-organização ao nível molecular, afim de serem utilizados como matrizes bioinstrutivas para controlar o comportamento celular. Para além da sua atividade académica, integrou a direção do Grupo de Químicos Jovens (GQJ) da Sociedade Portuguesa de Química (SPQ) entre 2016 e 2018 e está afiliado à SPQ e Sociedade Americana de Química (American Chemical Society – ACS) desde 2009. Atualmente, é delegado português nas redes Europeia (European Young Chemists’ Network – EYCN) e Internacional (International Younger Chemists Network – IYCN) de Químicos Mais Jovens, apoiando amplamente as atividades de networking entre químicos jovens.

imprimir
tags
outras notícias