conteúdos
links
tags
Cultura
Concerto decorre a 30 de novembro, pelas 21h30, no Teatro Aveirense
Festivais de Outono 2017 encerram com Borodin, Rachmaninoff e Mussorgsky
A pianista Paula Garcia del Valle participa no encerramento dos FO2017
Os Festivais de Outono (FO) 2017, promovidos pela Universidade de Aveiro (UA), que percorreram variadas formas de expressão musical, do barroco ao contemporâneo e à música eletroacústica, terminam no dia 30 de novembro no Teatro Aveirense. Após 10 espetáculos que decorreram ao longo de parte de outubro e novembro, o pano desce com as orquestras Filarmonia das Beiras, a de Cordas e a de Sopros do Departamento de Comunicação e Arte (DeCA) da UA e ainda o Coro desta mesma unidade orgânica, dirigidas pelo maestro convidado Luís Carvalho. A pianista será Paula García del Valle.

O recentemente restaurado órgão da Sé e os recitais no Museu de Aveiro, a parceria com a conferência internacional Electroacoustic Winds e o cruzamento da música com a expressão multimédia, ou os sons quentes de música do mundo, através dos Senza. Foi com estes e outros ingredientes que se fizeram os FO2017.

No dia 30 de novembro, pelas 21h30, no Teatro Aveirense, a Orquestra das Beiras, o Coro e as orquestras de Cordas e de Sopros do DeCA, dirigidas pelo maestro Luís Carvalho, encerram a edição de 2017 dos Festivais de Outono. Ao piano, vai estar Paula García del Valle.

O Coro do DeCA é composto pelos alunos da Licenciatura e do Mestrado em Música da UA. As orquestras de Cordas e Sopros do DeCA são constituídas pelos alunos instrumentistas dos cursos de Licenciatura e Mestrado em Música e incluem-se nos planos curriculares dos respetivos cursos.

Luís Carvalho, maestro convidado

Clarinetista, maestro e compositor, Luís Carvalho distingue-se como um dos mais versáteis músicos portugueses da sua geração. Apresentou-se como solista e/ou recitalista em concertos um pouco por todo o mundo, muitas vezes estreando as suas próprias obras e de outros compositores contemporâneos portugueses e estrangeiros, várias das quais lhe tendo sido expressamente dedicadas. Estudou clarinete e composição no Porto (com António Saiote e Fernando Lapa, respetivamente), onde lhe foi atribuído o “Prémio para o melhor aluno do curso” (1994), e direção de orquestra em Milão, S. Petersburgo e Madrid, com Jorma Panula e Jesus López-Cóbos. Especializou-se ainda em direção de música contemporânea com Arturo Tamayo. Galardoado em diversos concursos, destacam-se os prémios obtidos no “Concurso de Interpretação do Estoril” (2001) e no “4º Concurso Internacional de Composição da Póvoa de Varzim” (2009). Foi ainda vencedor da “Audição para Jovens Maestros” organizada pela Orquestra Metropolitana de Lisboa (2010), nomeado (em 2012) para o Prémio Autores da SPA (Sociedade Portuguesa de Autores) e distinguido pelo jornal nortenho “Audiência” com o Troféu Prestígio, pela sua carreira dedicada à música. Este ano, ganhou o 1.º Prémio de Composição Francisco Martins, da Orquestra Clássica do Centro, com a obra orquestral “Mosaico”. É docente da Universidade de Aveiro.

Paula García del Valle, pianista

Paula García del Valle (Sevilha, 1992), iniciou os estudos de piano em Sevilha. Em 2011, começa os estudos superiores de música, especialidade em piano, com a maestra Nadezhda Eismont e os professores Sergei Urivaev em musica de câmara e Elena Spizst em acompanhamento. Em 2016, completou o nível de graduação e master, ficando com as máximas pontuações do júri pelas quais recebe o “Diploma Vermelho” de excelência, concedido pelo Conservatório Rimsky-Korsakov. Atua em vários concertos como solista em Espanha, na Colômbia, Brasil e em numerosos recitais na Rússia. Atualmente, faz parte do “Sinapses Duo”, com a oboísta Sofía Galasova, que tem vindo apresentar-se em concerto na Rússia, país em que continua a fazer cursos de aperfeiçoamento e a desenvolver a sua carreira profissional.

 

Programa – Concerto de Encerramento dos Festivais de Outono 2017

30 de novembro, pelas 21h30, Teatro Aveirense

Orquestra Filarmonia das Beiras

Orquestras de Sopros e Cordas do Departamento de Comunicação e Arte (DeCA) da UA Coro do DeCA da UA

António Vassalo Lourenço, maestro do coro do DeCA/UA

Paula García del Valle, piano

Luís Carvalho, maestro convidado

Alexander Borodin (1833-1887) - Danças Polovtsianas da ópera

O Príncipe Igor

Sergei Rachmaninoff (1873-1943) - Rapsódia sobre um tema de Paganini, op.43 Secção 1:

Introdução: Allegro vivace

Variação 1: Precedente Tema: L'istesso tempo

Variação 2: L'istesso tempo

Variação 3: L'istesso tempo

Variação 4: Più vivo

Variação 5: Tempo precedente

Variação 6: L'istesso tempo

Variação 7: Meno mosso, a tempo moderato

Variação 8: Tempo I

Variação 9: L'istesso tempo

Variação 10: L'istesso tempo

Secção 2:

Variação 11: Moderato

Variação 12: Tempo di minuetto

Variação 13: Allegro 

Variação 14: L'istesso tempo 

Variação 15: Più vivo scherzando

Variação 16: Allegretto 

Variação 17: Allegretto 

Variação 18: Andante cantabile 

Secção 3:

Variação 19: A tempo vivace

Variação 20: Un poco più vivo

Variação 21: Un poco più vivo

Variação 22: Marziale. Un poco più vivo (Alla breve)

Variação 23: L'istesso tempo

Variação 24: A tempo un poco meno mosso

Modest Petrovich Mussorgsky (1839-1881) – Orquestração de Maurice Ravel (1875-1937) - Quadros de uma Exposição 

Promenade

1.The Gnome Promenade

2.The Old Castle Promenade

3.Tuileries (Children’s Quarrel after Gnomes)

4.Cattle Promenade

5.Ballet of Unhatched Chicks

6.Samuel Goldenberg and Schmuyle Promenade

7.Limoges. The Market (The Great News)

8.Catacombs (Roman Tomb)

9.The Hut on Hen’s Legs (Baba Yaga)

10.The Bogatyr Gates (In the Capital in Kiev)

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias