conteúdos
links
tags
Distinções
Distinção conferida pelo IEFP foi entregue a 20 de novembro, em Lisboa
UA galardoada com Marca Entidade Empregadora Inclusiva
UA marcou presença na cerimónia de entrega da Marca Entidade Empregadora Inclusiva
Como uma das 11 entidades distinguidas em 2017 com a atribuição da "Marca Entidade Empregadora Inclusiva", a Universidade de Aveiro (UA), representada pelo Vice-reitor José Alberto Rafael e pela Administradora Cristina Moreira, esteve esta segunda-feira (20 de novembro) em Lisboa para receber das mãos da Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, o troféu e diploma que atestam a cultura organizacional de inclusão e responsabilidade social da instituição.

A “Marca Entidade Empregadora Inclusiva” é uma distinção pública das entidades que reconhecem os seus trabalhadores como pessoas únicas na sua diversidade, destacando-se pelo seu envolvimento na promoção da empregabilidade e da não discriminação das pessoas com deficiência.

Esta distinção, conferida pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) pela primeira vez, é atribuída, de dois em dois anos, aos empregadores que contribuam para a implementação de um mercado de trabalho inclusivo e se distingam, por práticas de referência, nos dois anos anteriores ao da candidatura, nos domínios do recrutamento, desenvolvimento e progressão profissional; manutenção e retoma do emprego; acessibilidades; e serviço e relação com a comunidade.

O piso tátil, que liga entre si grande parte dos edifícios do campus universitário; as rampas de acesso para cadeiras de rodas, as intervenções nos sanitários, a adequação de portas de entrada dos edifícios, a instalação de plataformas elevatórias, a reserva de lugares de estacionamento e o alojamento adaptado são apenas alguns dos exemplos mais visíveis do empenho que a UA tem tido em ser uma verdadeira universidade para todos.

Para a distinção de que agora a UA foi alvo terá também muito contribuído a existência de gabinetes recheados de equipamentos e softwares pensados para utilizadores com dificuldades visuais e motoras do Serviço de Apoio aos Utilizadores com Necessidades Especiais (SAUNE) disponível nos Serviços de Biblioteca, Informação Documental e Museologia (SBIDM) e até a participação em projetos de cooperação com o exterior, como é o caso do Projeto “Ria sem Limites” (vela adaptada), ou as diferentes iniciativas realizadas no âmbito do projeto “Aveiro é teu. Inclui”.

Para o Vice-Reitor José Alberto Rafael, esta distinção “é o reconhecimento do que a UA tem vindo a fazer há vários anos em matéria de inclusão de pessoas com deficiência e representa, adicionalmente, uma responsabilidade acrescida para o futuro. Esta preocupação da instituição com a inclusão estende-se a uma das suas áreas de missão, a Educação, através da integração dos estudantes com diversos tipos de deficiência, dando-lhes oportunidade de desenvolver as suas capacidades e facilitando a sua integração no mercado de trabalho”.

A “Marca Entidade Empregadora Inclusiva”, foi atribuída à UA por um júri constituído por representantes das associações empresariais, sindicais, organizações da economia social, organizações de entidades que apoiam pessoas com deficiência e da administração pública.

A cerimónia de entrega da Marca realizou-se dia 20 de novembro, no Teatro Thalia, em Lisboa, tendo a Universidade sido representada pelo Vice-reitor José Alberto Rafael e pela Administradora Cristina Moreira.

imprimir
tags
outras notícias