conteúdos
links
tags
Campus
Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro acolhe Campus Juvenil Internacional sobre alterações climáticas
Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro acolhe Campus Juvenil Internacional sobre alterações climáticas
Está a decorrer na Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro, desde o dia 2 de setembro até hoje, 6 de setembro, um Campus Juvenil Internacional sobre alterações climáticas, que reúne 120 estudantes e professores oriundos de várias regiões de Espanha, Portugal e México. O evento reúne uma rede de escolas do ensino básico e secundário do projecto Climántica, que se juntam a outro grupo de alunos e professores que fazem parte do projeto europeu ERASMUS + EduCO2cean. A parceria estabelecida entre os dois projetos e a FCCVA procura encontrar de forma criativa respostas educativas para o problema das alterações climáticas.

No âmbito deste Campus Juvenil Internacional, os estudantes têm vindo a realizar em equipa dois tipos de produção:

1-Curta-metragens que expressem os conhecimentos adquiridos no Campus. Cada aluno desempenha uma função na produção dos trabalhos: guião, produção, realização, operador de câmara, interpretação, apresentação, atores, montagem, fotografia, vídeo, som, maquilhagem/vestuário.

Os cenários serão os espaços da Fábrica, bem como a área natural envolvente do Centro e a cidade de Aveiro. Os conteúdos, a serem aplicados nesta produção, serão o resultado dos conhecimentos adquiridos nas paletras, nas atividades e nos workshops realizados no Campus.

2- Musical para sensibilização ambiental no âmbito da temática das mudanças climáticas e dos oceanos, recorrendo a áreas como: teatro, música, dança e artes plásticas.

 

A apresentação final das curta-metragens e do musical produzidos pelos alunos decorre hoje, 6 de setembro, das 11h00 às 13h00, no auditório da Fábrica. Da parte da tarde, os alunos irão deslocar-se para a localidade galega de Noia, onde decorrerá um campus de difusão do trabalho realizado no Encontro em Aveiro. Os alunos portugueses que participarão nesta segunda fase de trabalhos na localidade Galega, são provenientes do Agrupamento de Escolas Dr. Mário Sacramento, de Aveiro; Agrupamento de Escolas Dr. João Carlos Celestino Gomes, de Ílhavo; Agrupamento de Escolas Alves Martins, de Viseu; Escola Profissional da Horta, do Faial (Açores) e Instituto Espanhol Giner de los Rios, situado em Lisboa.

 O projeto Climántica (http://www.climantica.org/) é coordenado por Francisco Soñora-Luna do IES Virxe do Mar, e o Projeto Europeu EduCO2cean é coordenado por Joaquim Ramos Pinto, presidente da Associação Portuguesa de Educação Ambiental.

 

imprimir
tags
outras notícias