conteúdos
links
tags
Campus
Volume especial da revista lembra carreira e personalidade do investigador do Departamento de Engenharia Mecânica
International Journal of Plasticity homenageia Professor José Grácio
José Grácio
A respeitada revista International Journal of Plasticity, que tem um fator de impacto a cinco anos de 6,230, publicou um volume especial (Vol. 93, p. 1-290, junho de 2017) sobre o tema “Descrições Constitutivas a Várias Escalas da Plasticidade” em memória do professor do Departamento de Engenharia Mecânica (DEM) da Universidade de Aveiro José Grácio – um especialista a nível mundial nessa área. No editorial deste volume é feita uma descrição muito interessante da carreira e personalidade do Professor José Grácio.

O volume completo da revista pode ser consultado aqui

Esta edição especial do International Journal of Plasticity é dedicada à memória do Professor José Joaquim de Almeida Grácio, que faleceu em 11 de outubro de 2014.

Depois de concluir o seu doutoramento no incido da década de 1990 na Universidade de Coimbra em Portugal, ingressou na recente Universidade de Aveiro com a ambição de estabelecer firmemente o departamento de Engenharia Mecânica que, sob a sua liderança, se tornou em um dos melhores em Portugal. A fim de promover a pesquisa e atrair estudantes para a carreira de engenharia e ciências, fundou o Centro de Tecnologia Mecânica e Automação (TEMA), uma unidade de I&D que conduziu ao reconhecimento internacional. A sua visão era integrar os campos tradicionais da Engenharia Mecânica com ciência dos materiais, nanotecnologia, tecnologia de transporte e energia aplicada, procurando manter o equilíbrio entre inovação e aplicação para desenvolver simultaneamente investigação de classe mundial e apoiar a indústria portuguesa.

Durante o curto período da sua vida, o professor José Grácio fez contribuições notáveis não só na investigação e ensino, mas igualmente no desenvolvimento institucional. As suas conquistas no departamento da Engenharia Mecânica tinham como base a ciência dos materiais. A sua paixão e compreensão de uma ampla gama de materiais, desde metais estruturais, compostos intermetálicos, nanotubos de carbono e nano-compósitos, grafenos, filmes finos e revestimentos de diamantes, para materiais biológicos para aplicações tão diversas como o desenvolvimento de matrizes pesadas para a indústria automóvel até ao desenvolvimento de ferramentas e dispositivos médicos. Nas suas primeiras áreas de investigação, demonstrou um grande interesse nas observações das estruturas de deslocamento que se desenvolvem durante a deformação dos metais e a sua influência no comportamento do material, que é o tema central no campo da plasticidade e deste jornal.

Apesar de estar ligado a várias áreas de investigação, foi o tema da deformação plástica de metais e suas ligas que ocuparam um lugar especial no seu coração e fizeram brilhar os seus olhos. A compreensão fundamental dos mecanismos de deformação foi o que motivou o seu trabalho, evoluindo para o desenvolvimento de descrições constitutivas de plasticidade em diferentes escalas e a sua aplicação à simulação numérica de processos de fabrico e desempenho do produto. Colocou à sua volta uma rede de cientistas altamente reconhecidos com quem colaborou. Apesar do seu exigente horário, estava sempre ansioso para participar ativamente das discussões científicas, e contribuiu significativamente para o desenvolvimento deste campo.

O professor José Grácio estava totalmente empenhado no sucesso dos seus alunos e colegas e na reputação da Universidade de Aveiro. Mesmo durante os últimos dias da sua luta com a doença, a sua paixão e entusiasmo para remover obstáculos no caminho de realizar com sucesso os seus objetivos, estavam intactos. Estabeleceu padrões elevados para si mesmo, bem como para os profissionais e estudantes com quem trabalhou, mas sempre animado, inspirador e generoso. Despendeu inúmeras horas e imensa energia para apoiar todos aqueles que tiveram o privilégio de trabalhar consigo. O seu compromisso com a excelência foi acompanhado de um genuíno interesse pelos outros e um agudo senso de contacto, que muitas vezes expressou com um sorriso ou uma piada. Reconheceu e apreciou a vida, encontrando sempre algo incrível em tudo. Era a imagem de uma vida vibrante e produtiva projetando essa impressão até aos seus últimos momentos. Aqueles que tiveram o prazer de trabalhar com ele sempre recordarão a sua atitude, amigável e otimista.

Esta edição especial, uma homenagem ao Professor José Grácio, é uma coleção de trabalhos apresentados no seu simpósio memorial durante a International Conference on Plasticity, Damage, and Fracture realizada no Hawai, em janeiro de 2016. Este simpósio sobre o “Descrições Constitutivas a Várias Escalas da Plasticidade” foi excelente para o número de participantes e qualidade das apresentações. Acreditamos que o José teria ficado encantado com o sucesso do Simpósio e orgulhoso da profundidade cientifica das apresentações e dos artigos nesta edição.

imprimir
tags
outras notícias