conteúdos
links
tags
Investigação
João Carvalho, estudante de Doutoramento do Departamento de Biologia
Biólogo da UA publica na Nature alerta para as espécies invasoras
Vespa asiática (foto de Miguel Maia)
João Carvalho, da Unidade de Vida Selvagem do Departamento de Biologia e do CESAM da Universidade de Aveiro (UA), em colaboração com um grupo de investigadores da Universidade do Porto (UP), publicou na última edição da prestigiada revista Nature um artigo que expõe a inércia da União Europeia face às espécies exóticas e alerta para a necessidade de uma cooperação transfronteiriça no controlo da vespa-asiática.

“O número de espécies exóticas identificadas no território Europeu ultrapassa, atualmente, o milhar”, aponta João Carvalho, a frequentar o segundo ano do Programa Doutoral em Biologia da UA. Um dos casos mais mediáticos é o da vespa-asiática (Vespa velutina nigrithorax). “Esta espécie ocupa atualmente uma área significativa da Bacia Mediterrânica, um reconhecido hotspot de biodiversidade. Os seus potenciais impactos ecológicos são já reconhecidos pela comunidade científica. Em regiões onde a apicultura se assume como uma importante fonte de rendimento, os impactes económicos da vespa-asiática podem ser especialmente severos”, diz o investigador que no artigo de opinião contou com a colaboração dos investigadores da UP Frederico Santarém, Ana Bessa, Alberto Gomes e José Grosso-Silva.

“Esta espécie ainda não foi oficialmente classificada como invasora e o estabelecimento de um plano coordenado entre membros da União Europeia e entidades diretamente interessadas, que vise o controlo da sua expansão e mitigação dos seus impactes, tarda em ser discutido”, aponta João Carvalho.

Para além deste aspeto, os autores salientam a importância da sensibilização ambiental como ferramenta para a conservação de outros insetos polinizadores. O receio generalizado dos apicultores e o consequente uso indiscriminado de armadilhas pouco seletivas são fatores que podem determinar o declínio de muitas outras espécies de polinizadores.

O artigo pode ser consultado através do link http://www.nature.com/nature/journal/v532/n7598/full/532177b.html

 

imprimir
tags
outras notícias