conteúdos
links
tags
Cultura e Desporto
Judo da AAUAv reconquista medalha para Aveiro
Emanuel Martins, aluno da UA, traz bronze da Taça Internacional Kobayashi
Emanuel Martins medalhado com bronze na Taça Internacional Kiyoshi Kobayashi
Emanuel Martins, na categoria de -60Kg, trouxe a medalha de bronze da Taça Internacional Kiyoshi Kobayashi, para o Núcleo de Judo da Associação Académica da Universidade de Aveiro (AAUAv). Passados três anos, o Judo da AAUAv volta a conquistar uma medalha neste torneio que, nesta edição, decorreu a 29 de setembro, no Multiusos Mário Mexia, em Coimbra.

Decorreu no passado sábado, dia 29 de setembro, no Multiusos Mário Mexia, em Coimbra, a prova de homenagem ao pai do Judo Português, Mestre Kiyoshi Kobayashi. Esta prova, juntou atletas de várias nacionalidades para disputarem a tão aliciante Taça, bem como para homenagearem o Mestre.

Numa categoria sempre complicada, o atleta que defende as cores da AAUAv, viu-se inserido num grupo de quatro atletas onde só dois tinham acesso às meias-finais para aí disputarem as quatro medalhas da categoria (duas de bronze, uma prata e um ouro). Emanuel Martins começou a prova a bom nível, levando por vencido o seu adversário das Escolas de Judo Nuno Delgado.

Num grande combate, o “aveirense” foi mais forte. No segundo combate, contra um atleta do Sporting Clube de Portugal, Emanuel Martins voltou a levar a melhor sobre o seu adversário. O terceiro combate, disputado já com a certeza que o acesso às meias-finais estava garantido, foi escolhido para se mudar a táctica de combate, e testar outras soluções. Com o tempo de combate a chegar ao fim, o atleta da AAUAv só se viu derrotado no ponto de Ouro, onde o primeiro a pontuar ganha.

As meias-finais foram disputadas contra outro atleta das Escolas de Judo Nuno Delgado, que viria a sagrar-se vencedor da prova. Emanuel Martins não conseguiu impor o seu Judo, e averbou uma nova derrota, ficando-se assim pela medalha de Bronze na categoria de -60Kg.

A acompanhar o atleta esteve António Costa, treinador da AAUAv, que tinha sido o último atleta do clube e de Aveiro a conquistar uma medalha nesta prova em 2015. “Três anos depois conseguimos mais uma medalha nesta prova. É muito bom para o clube, mas também para Aveiro. As últimas duas medalhas nesta prova, que é a segunda mais importante no calendário nacional, foram conquistadas pelas AAUAv”, referiu o treinador, para depois tecer elogios ao seu pupilo. “O Emanuel tem uma boa escola. O David Carreira, o seu treinador no Sabugal, de onde é natural, fez um excelente trabalho com ele. Nós só temos potenciado, felizmente, a excelente escola que ele já trazia. Mas o empenho dele, a dedicação e a procura de novos desafios, fazem dele um exemplo a seguir, não só no clube, mas também por outros atletas de outros clube, que podem ver ali alguém que consegue resultados de excelência, não só no desporto como nos estudos”.

imprimir
tags
outras notícias