conteúdos
links
tags
Distinções
Estudo da ESSUA distinguido no II Congresso Internacional de Enfermagem de Saúde Familiar
No âmbito do Mestrado em Enfermagem de Saúde Familiar da Universidade de Aveiro, em consórcio com a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e o Instituto Politécnico de Bragança, o estudo intitulado “Contributo do enfermeiro de saúde familiar, em visita domiciliária regular, para o sucesso da amamentação”, conquistou o 2º lugar em comunicação oral, no II congresso Internacional de Enfermagem de Saúde Familiar e do 1º Congresso Ibérico de Saúde Familiar.

Atualmente, com a diminuição do período de internamento da puérpera e do recém-nascido após o parto e com a filosofia de cuidados centrados na família, a orientação do enfermeiro de saúde familiar, deve ser efetuada no sentido de capacitar a família para o sucesso da amamentação, através de consultas de enfermagem e da visita domiciliária. 

Neste sentido, desenvolveu-se um estudo quase experimental, em duas unidades de saúde familiar do ACeS-Baixo Vouga, com acompanhamento de mães lactantes até aos 4 meses de vida do bebé.

Os resultados mostraram que as mães lactantes que tiveram acompanhamento pelo enfermeiro de saúde familiar em visita domiciliária, apresentaram uma maior duração e exclusividade do aleitamento materno, comparativamente com as que foram orientadas pelo preconizado pelos cuidados convencionais.

Este estudo foi desenvolvido por Ana Rita Pádua, com orientação dos docentes da ESSUA, Elsa Melo e Joaquim Alvarelhão.

O II congresso Internacional de Enfermagem de Saúde Familiar e o 1º Congresso Ibérico  de Saúde Familiar realizaram-se  na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, de 16 a 18 de outubro.

imprimir
tags
outras notícias