conteúdos
links
tags
Bolsas e Emprego
Candidaturas abertas até 18 de julho de 2019
Bolsa de Investigação para Licenciado em área de Física
Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação para Licenciados, no âmbito do projeto FCT intitulado “PORTUGAL no ISOLDE: Investigação em Física de Materiais e Nuclear com Isótopos e Técnicas Radioativas (Refª. CERN/FIS-PAR/0005/2017), financiado por fundos nacionais através da FCT/MEC e quando aplicável cofinanciado pelo FEDER, no âmbito do Acordo de Parceria PT2020, nas seguintes condições:

Área Científica: Física

Requisitos de admissão: O destinatário da bolsa deve ter um grau de Licenciado na área de Física, Engenharia Física ou afins. Deverá ter interesse na modelização computacional e estudo de materiais. Será dada preferência a candidatos com experiência prévia nesta área. O candidato deverá ter capacidades de comunicação em português e inglês.

Para este trabalho é desejável que o candidato possua conhecimentos em física do estado sólido, de materiais, e computacional. Será valorizada a experiência prévia nestas áreas, e particularmente em cálculos atomísticos de primeiros-princípios usando teoria de funcionais de densidade. O candidato irá trabalhar num grupo de investigação abrangente com experiência em técnicas experimentais e teóricas na caracterização de materiais, pelo que boas capacidades de comunicação são requeridas.

Plano de trabalhos: Os objetivos particulares a atingir pelo bolseiro serão os seguintes:

- O trabalho consistirá principalmente no uso de métodos computacionais para a modelização de diferentes configurações atómicas, e o estudo de propriedades de interesse incluindo por exemplo: estabilidade de estruturas e defeitos pontuais; eletrónicas; magnéticas; ferroelétricas; dinâmicas, e hiperfinas (estas últimas diretamente medidas com as técnicas experimentais no CERN). Sistemas de interesse poderão envolver materiais sólidos magnéticos, ferroelétricos, multiferróicos, entre outros.

- Outra tarefa será a análise de interpretação de dados experimentais de correlações angulares perturbadas obtidos no CERN, determinando os valores das propriedades hiperfinas em estudo.

- O trabalho será desenvolvido na Universidade de Aveiro, mas poderá envolver idas ao ISOLDE-CERN, para realização de experiências de caracterização de amostras utilizando isótopos radioativos (correlações angulares perturbadas), que permitem o estudo de fenómenos à escala atómica. 

- Com base nas tarefas acima referidas e em colaboração com a equipa, o candidato deverá escrever relatórios, comunicações e artigos científicos em inglês para publicação em revistas internacionais.

Legislação e regulamentação aplicável: A bolsa é atribuída ao abrigo da Lei nº40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica) na sua atual redação; Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, em vigor (https://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2018.pdf) e o Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da Universidade de Aveiro – Regulamento n.º 341/2011, publicado em Diário da República, 2ª série, n.º 98, de 20 de Maio.

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no Laboratório Associado CICECO – Insituto de Materiais de Aveiro, na Universidade de Aveiro (com uma possíveis idas ao CERN durante 1-2 semanas para participação em experiências) sob a orientação científica do Doutor João Nuno Santos Gonçalves.

Duração da bolsa: A bolsa terá a duração de 6 meses, eventualmente renovável, com início previsto para julho de 2019.

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a €752,38, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (www.fct.pt/apoios/bolsas/valores). A periodicidade de pagamento da bolsa é mensal e através de transferência bancária, cheque ou outra modalidade equivalente.

Métodos de seleção: O principal critério de avaliação das candidaturas será a avaliação do currículo. As componentes a avaliar serão: desempenho académico (50 %), experiência anterior (30 %) e motivação (20 %).  Será feita eventualmente uma entrevista aos primeiros (no máximo três) classificados, com a valoração pontual de 20%.

Composição do Júri de Seleção: - Doutor João Nuno Santos Gonçalves (Presidente do Júri), Professor Doutor Vítor Brás Sequeira Amaral e Doutor João Cunha de Sequeira Amaral.

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada alfabeticamente afixada em local visível e público do Laboratório Associado CICECO, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de e-mail.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 5 a 18 de julho de 2019.

Das candidaturas deverão constar os seguintes documentos:

- Formulário de candidatura, disponível no sítio da Divisão de Recursos Humanos, em http://www.ua.pt/drh, em Bolseiros/Modelo de Candidatura.

- Curriculum vitae.

- Cópia do(s) certificado(s) de habilitações detalhados.

- Carta de motivação.

 - Cópias de artigos ou trabalhos anteriores.

- Cópia do Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão/Passaporte.

 

As candidaturas deverão ser enviadas por e-mail para joaonsg@ua.pt, indicando como assunto “bolsa para projeto CERN/FIS-PAR/0005/2017”.

imprimir
tags
outras notícias