conteúdos
links
tags
Distinções
Honoris Causa da UA e autor do Departamento de Geociências
Eduardo Souto de Moura vence prémio da Academia Americana de Artes e Letras
Eduardo Souto Moura
O arquiteto Eduardo Souto de Moura é o vencedor do Prémio Arnold W. Brunner de 2019, da Academia Americana de Artes e Letras, pela sua “contribuição significativa para a arquitetura”. Doutor Honoris Causa pela Universidade de Aveiro (UA), Eduardo Souto Moura é o autor do Departamento de Geociências.

Escolhido entre 33 nomeados, Souto de Moura, que em 2011 venceu o prémio Pritzker, o Nobel da arquitetura, foi reconhecido pela “qualidade intemporal e profundamente humanista” da sua obra, detentora de um “[sentimento] de inevitabilidade”, disse a arquiteta Annabelle Selldorf, presidente do júri, no anúncio dos vencedores.

Eduardo Souto Moura, Siza Vieira, Adalberto Dias e Alcino Soutinho são apenas alguns dos mais afamados arquitetos portugueses cuja genialidade do traço ajudou a dar vida à UA. Reconhecido como um autêntico Museu Aberto da Arquitetura Portuguesa Contemporânea, o Campus Universitário comporta mais de seis dezenas de edifícios projetados por mais de duas dezenas de conceituados arquitetos portugueses. A mestria dos traços do Campus é anualmente admirada por milhares de visitantes nacionais e estrangeiros.

imprimir
tags