conteúdos
links
tags
Entrevistas
Pessoas UA: Vera Devesas, estudante da Licenciatura em Línguas e Relações Empresariais
"Quero trabalhar na área comercial e comunicar com clientes chineses"
Vera Devessas
Viajou até à China para conhecer a realidade daquele país, esteve em Pequim e Dalian. Futuramente pretende trabalhar com clientes chineses. É estudante da Licenciatura em Línguas e Relações Empresariais no Departamento de Línguas e Culturas (DLC) da Universidade de Aveiro (UA). Tem 20 anos e é natural da Trofa. Vera Devesas considera-se ambiciosa porque facilmente se interessa por aquilo que a rodeia. Faz parte do Núcleo de Estudantes de Línguas e Relações Empresariais da Associação Académica da Universidade de Aveiro (NELRE-AAUAv) e Aveiro Smart Business (ABS).

Para além de estudar na UA, está associada a alguma atividade?

Sou responsável pelo setor pedagógico do Núcleo de Estudantes de Línguas e Relações Empresariais e sou Vice-presidente externa da Aveiro Smart Business.

Numa única palavra como se define?

Ambiciosa! Sempre que tenho oportunidade, gosto de participar e interesso-me por tudo o que está ao meu redor. 

Alguma história que queira partilhar que a tenha marcado?

O Instituto Confúcio da UA juntamente com a Universidade de Dalian organiza todos os anos uma viagem à China. O objetivo desta viagem é conhecer-mos a realidade do país, cultura e língua. Como no meu curso estou a aprender chinês, quis conhecer este país que tanto me fascina. No verão passado viajei com um grupo de estudantes portugueses da UA e de outras universidades portuguesas.

Fomos a Pequim e a Dalian, ficamos hospedados na Universidade de Dalian onde fiz um curso de verão. Conheci toda a cidade de Dalian, tive a oportunidade de conhecer estudantes que praticam a Língua Portuguesa, o que permitiu que trocássemos impressões.

Também estive em Pequim onde conheci os sítios mais turísticos da cidade. Foi uma experiência enriquecedora. Conheci os costumes, a cultura, as pessoas, como podemos interagir com elas e como elas podem aprender connosco.

Esta viagem foi uma experiência positiva?

Sim claro! Sai da Europa pela primeira vez, tinha curiosidade em conhecer o país, alargar horizontes e conhecer os hábitos.

 

descrição para leitores de ecrã
Vera em Pequim juntamente com um grupo de estudantes portugueses

Que sentimentos considera ter adquirido com esta viagem?

Sinto que sou uma pessoa mais aberta a novas realidades, tenho a noção de como as pessoas podem ser tão diferentes, tenho muito mais curiosidade de conhecer novos factos.

Alguma situação que se recorde que tenha vivido enquanto esteve lá?

Sim, para além de existir pouca gente que fale inglês, a comunicação não foi fácil, porque o meu nível de chinês não era suficiente para me fazer entender. Mas vi situações que considero cómicas como, os bebés não usarem fralda e terem um buraco atrás nas suas calças. Foi algo que nunca tinha visto e que nunca pensei que existisse.

As pessoas tiravam-nos fotografias sem nos pedir autorização, tentavam interagir muito connosco, não havia ocidentais nas ruas, logo dávamos nas vistas pelas nossas características.

descrição para leitores de ecrã
Durante a sua viagem à China, Vera era abordada por chineses que queriam tirar fotos. Conheceu as cidades de Pequim e Dalian

Futuramente o que pretende fazer quando terminar o curso?

Quero trabalhar na área comercial e comunicar com clientes chineses. E esta viagem contribuiu para que conhecesse a cultura para que um dia seja mais fácil comunicar com eles. 

Que sonho gostaria de ver realizado?

Trabalhar numa área que me permita viajar muito.

Um dia vou…

Dar a volta ao mundo.

________________________________________________________________________

A série #PessoasUA pretende mostrar as estórias e vivências das pessoas que fazem a comunidade UA. Se conhece alguém que deva estar aqui retratado, envie-nos uma mensagem para noticias@ua.pt com as suas dicas

imprimir
tags
outras notícias