conteúdos
links
tags
Bolsas
Candidaturas abertas de 14 a 25 de Janeiro
Bolsa de Investigação para Mestre no âmbito do projeto ValorMar
Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI-Mestre) no âmbito do projeto mobilizador “ValorMar - Valorização integral dos recursos marinhos: potencial, inovação tecnológica e novas aplicações”, especificamente no seu PPS3 cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020), nas seguintes condições:

1. Área científica: Ciência Alimentar

2. Área científica secundária: Biotecnologia/Bioquímica Alimentar

3. Requisitos de admissão:

  • Mestre em Biotecnologia, Bioquímica, Engenharia Alimentar, Engenharia Agroalimentar, Química, Engenharia Química e áreas afins, preferencialmente com média final de licenciatura igual ou superior a 14 (catorze) valores e de mestrado 16 (dezasseis) valores.
  • Os(as) candidatos(as) deverão possuir experiência de trabalho em obtenção e análise de polissacarídeos.

4. Funções a desempenhar

Execução das atividades do projeto, nomeadamente:

  • Produção de extratos de micro e macroalgas e de cianobactérias usando diversas tecnologias e seu fracionamento;
  • Incorporação de extratos de origem marinha no desenvolvimento de componentes e formulações para a área cosmética;

Participação nas reuniões e elaboração dos relatórios e material de divulgação relacionados com o projeto.

5. Legislação e regulamentação aplicável:

A Bolsa será em regime de exclusividade, conforme Regulamento de Formação Avançada de Recursos Humanos da FCT, o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei nº40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica) e Regulamento de Bolsas e Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia em vigor (www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2015.pdf), e o Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da Universidade de Aveiro – Regulamento n.º 341/2011, publicado em Diário da República, 2ª série, n.º 98, de 20 de Maio.

6. Local de trabalho

O trabalho será desenvolvido na Unidade de Investigação Química Orgânica, Produtos Naturais e Agroalimentares (QOPNA), no Departamento de Química da Universidade de Aveiro, sob a orientação científica dos Doutores Manuel A. Coimbra e Maria do Rosário Domingues.

7. Critérios de seleção

Para além da média final de Licenciatura e Mestrado dos candidatos serão valorizados os seguintes aspetos – experiência de trabalho de investigação em produção de extratos, seu fracionamento e uso de extratos para desenvolvimento de aplicações, como sejam a obtenção e análise de polissacarídeos e de bioatividades; indicadores de produtividade científica, como comunicações em congressos científicos e artigos científicos e outras.

Os critérios de seleção serão os seguintes, com a respetiva valorização:

  • Avaliação curricular - habilitações literárias: média final de Licenciatura: ≤14/15-16/≥17, [05/10/20 pontos] e média final de Mestrado: ≤14/15-16/≥17, [05/10/20 pontos],
  • Experiência de trabalho de investigação em produção de extratos [25 pontos],
  • Experiência de trabalho em fracionamento de extratos e seu uso para desenvolvimento de aplicações [15 pontos],
  • Publicações científicas [10 pontos].

Caso o júri considere necessário, poderá convocar os candidatos melhor pontuados para uma entrevista, que será pontuada em 10 pontos.

8. Composição do Júri de Seleção

O júri responsável pela seleção será constituído por:

  • Presidente do júri – Doutor Jorge Saraiva
  • Vogais – Doutor Manuel António Coimbra e Doutora Rosário Domingues
  • Suplentes – Doutora Ivonne Delgadillo, Doutor José António Lopes da Silva e Doutor Artur Silva

9. Duração da bolsa

A bolsa terá a duração de 12 meses, com início previsto em fevereiro de 2019, em regime de exclusividade, conforme regulamento de formação avançada de recursos humanos da FCT e regulamento de bolsas de investigação científica da FCT, podendo ser eventualmente renovada de acordo com a legislação em vigor, até ao final do projeto e de acordo com a execução do mesmo.

10. Valor do subsídio de manutenção mensal

O montante da bolsa corresponde a 980 €, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

O Bolseiro usufruirá de um seguro de acidentes de trabalho e, caso não se encontrem abrangidos por qualquer regime de proteção social, podem assegurar o exercício do direito à segurança social mediante adesão ao regime do seguro social voluntário, nos termos previstos no Decreto-Lei n.º 40/89, de 1 de fevereiro.

A periodicidade de pagamento da bolsa é mensal e através de depósito bancário, cheque ou outra modalidade equivalente.

11. Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas

O concurso encontra-se aberto no período de 14 de janeiro de 2019 a 25 de janeiro de 2019. As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente por email, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos:

  • Carta de motivação e apresentação (incluindo endereço de email);
  • Curriculum vitae (com identificação de acordo com Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão);
  • Cópia(s) do(s) certificado(s) de habilitações (incluindo a média de Licenciatura e Mestrado);
  • Documento comprovativo de outros graus, quando aplicável;
  • Cópia de publicações relevantes no âmbito das funções a desempenhar;
  • Outros documentos que suportem a informação do CV dos candidatos.

As candidaturas devem ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jorgesaraiva@ua.pt (incluir no campo “Assunto”: Bolsa 024517 ValorMar UA-PPS3). Os candidatos devem certificar-se que recebem email de resposta à sua candidatura, confirmando a receção da mesma.

12. Forma de publicitação/notificação dos resultados

O resultado do processo de seleção será divulgado através de envio de email aos candidatos, e publicação de listagem ordenada afixada no Departamento de Química da Universidade de Aveiro.

Após a divulgação   dos   resultados   os   candidatos   devem   considerar-se, desde logo, notificados para, querendo, se pronunciarem em sede de audiência prévia no prazo máximo de 10 dias úteis após aquela data. No término deste prazo o candidato selecionado deve considerar-se convocado para iniciar a bolsa.

imprimir
tags
outras notícias