conteúdos
links
tags
Distinções
Professor do DECivil tem pela frente mandato de cinco anos
Aníbal Costa designado para o Conselho Permanente do Conselho Superior de Obras Públicas
Aníbal Costa
Professor catedrático do Departamento de Engenharia Civil (DECivil) da Universidade de Aveiro, Aníbal Costa foi designado pelo Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) para integrar o Conselho Permanente do Conselho Superior de Obras Públicas. Membro conselheiro da Ordem dos Engenheiros e especialista em Estruturas, com décadas de experiência na área da reabilitação do património edificado, Aníbal Costa vai ajudar a erguer no país os grandes investimentos em infraestruturas.

O Conselho Superior de Obras Públicas, criado por decreto regulamentar do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas de setembro de 2018, é uma entidade independente que tem por missão emitir pareceres de natureza técnica, económica e financeira sobre decisões de grandes investimentos em infraestruturas, tais como aeroportos, estradas, caminhos-de-ferro, portos, redes e centrais de energia, redes de saneamento, estações de tratamento de águas e redes de comunicações.

Assim, estes pareceres, obrigatórios para projetos de valor superior a 75 milhões de euros ou para outros que sejam indicados pelo membro do Governo responsável pela área das obras públicas, terão como missão coadjuvar o Governo Português na preparação de decisões sobre os programas de investimento e projetos de grande relevância para o país.

O Conselho Superior de Obras Públicas é composto por um presidente, um conselho plenário, um conselho permanente e por comissões técnicas.

No caso do conselho permanente, este órgão é composto pelo presidente do Conselho Superior de Obras Públicas; presidente do Laboratório Nacional de Engenharia Civil; O diretor-geral do Território; coordenador da Unidade Técnica de Acompanhamento de Projetos; e por duas personalidades de reconhecido mérito indicadas pelo Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas e pelo Conselho Coordenador dos Institutos Superiores. Aníbal Costa foi assim a personalidade indicada pelo CRUP para este conselho com elevada responsabilidade no desenvolvimento do País. É a este órgão que compete elaborar as propostas dos pareceres técnicos, a realização de análises custo-benefício, aprovar relatórios técnicos propostos pelas comissões técnicas, entre outras competências previstas na Lei.

Editor de 18 livros e revistas com publicação nacional e internacional, autor de 80 capítulos de livros nacionais e internacionais - 95 artigos em revistas internacionais, 44 em revistas nacionais - e mais de 500 artigos em conferências nacionais e internacionais, Aníbal Costa tem trabalhado em vários projetos de colaboração com o tecido industrial procurando desenvolver técnicas de reparação e reforço de estruturas existentes, tendo essa colaboração originado mais de 600 relatórios técnicos. 

Ligado a centenas de projetos, salientando-se nos últimos 20 anos os projetos na área da Reabilitação, o professor do DECivil, em parceria com a Direção Regional da Cultura – Norte e com a Direção Geral do Património Cultural, acompanhou as intervenções de reabilitação e reforço estrutural do património nacional, tendo elaborado mais de 500 pareceres e acompanhado as principais obras em monumentos no país.

Presidente da Assembleia Geral da Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Proteção do Património, Aníbal Costa foi também presidente da Sociedade Portuguesa de Engenharia Sísmica (2014 a 2018).. A designação para integrar a orgânica do novo Conselho Superior de Obras Públicas é mais um reconhecimento de uma carreira técnica e científica ao serviço da Engenharia Civil portuguesa.

imprimir
tags
outras notícias