conteúdos
links
tags
Investigação
Autor é aluno da UA a realizar estágio na Universidade do Porto
Artigo de revisão publicado na "Trends in Molecular Medicine"
João Antunes publicou na
João Antunes, estudante do mestrado em Bioquímica da Universidade de Aveiro (UA) a desenvolver estágio na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, publicou recentemente, na prestigiada revista "Trends in Molecular Medicine", uma análise crítica dos benefícios da prática de exercício físico para prevenir e tratar as alterações cardíacas funcionais, estruturais e moleculares induzidas pelo cancro em estádios avançados da doença.

O aluno da UA tem vindo a realizar o trabalho sob a orientação científica de Daniel Moreira-Gonçalves, professor daquela da Univrsidade do Porto, em colaboração com a unidade de investigação Química Orgânica, Produtos Naturais e Agroalimentares (QOPNA) da UA, na pessoa de Rita Ferreira, investigadora e também professora do Departamento de Química.

Neste artigo (https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1471491418301199?via%3Dihub) são apresentadas evidências que sugerem que o exercício físico ao modular a atividade das células tumorais, reduz a inflamação sistémica bem como a libertação de outros mediadores pro-catabólicos, ou seja, a libertação de proteínas que fazem a comunicação entre o tumor e o coração e induzem mudanças neste órgão (perda de massa é uma delas). 

Este efeito benéfico poderá traduzir-se na prevenção da caquexia cardíaca (disfunções cardíacas induzidas pelo cancro), contribuindo assim para aumentar a tolerância ao esforço, melhorar a qualidade de vida bem como a tolerância à terapêutica farmacológica dos doentes oncológicos.

imprimir
tags
outras notícias