conteúdos
links
tags
Publicações
“Apontamento sobre o Curso de Órgão do Conservatório Nacional - Da Criação à Experiência Pedagógica”
Disponível na Livraria da UA livro de Domingos Peixoto
Apontamento sobre o Curso de Órgão do Conservatório Nacional - Da Criação à Experiência Pedagógica
Domingos Peixoto organista de formação, investigador e professor, que até à sua recente aposentação lecionou a cadeira de Órgão na Universidade de Aveiro e tem-se dedicado à investigação do património organístico em Portugal e à história da redescoberta deste património no século XX.

Esta obra, “Apontamento sobre o Curso de Órgão do Conservatório Nacional - Da Criação à Experiência Pedagógica”, é uma edição de Autor e foi lançado no Conservatório Nacional, em Lisboa, no passado mês de Novembro, o conteúdo versa diretamente sobre o título do livro: Apontamento sobre o Curso de Órgão do Conservatório Nacional. Da Criação à Experiência Pedagógica. Nesta obra estão contidos muitos anos de investigação onde é feito um enquadramento histórico que muito contribuirá a todos os que iniciam a prática organística em Portugal e seguramente uma obra importante para todos os amantes desta arte.

Domingos Peixoto organista de formação, investigador e professor, que até à sua recente aposentação lecionou a cadeira de Órgão na Universidade de Aveiro e tem-se dedicado à investigação do património organístico em Portugal e à história da redescoberta deste património no século XX. 

 

Ficha Técnica

Titulo: Curso de Órgão do Conservatório Nacional - Da Criação à Experiência Pedagógica

Autor: Domingos Peixoto

Preço Livraria UA: 10€

 

Este livro está disponível na Livraria da Universidade de Aveiro.

Encomendas ou informações: livraria@ua.pt| Telf. 234370200| Ext. 22534.

Acompanhe as novidades da Livraria na página oficial no Facebook

Sobre o autor:

Domingos Peixoto

Organista e professor jubilado. Iniciou a sua formação com o Curso Superior de Piano, dos Cursos de Órgão dos Conservatórios de Lisboa e Lyon e do Curso Superior de Órgão da ‘Schola Cantorum’ de Paris, enquanto bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian. Estudou também no Centro de Estudos Gregorianos, na Escola César Franck de Paris e no Instituto Pontifício de Música sacra, em Roma. Teve, como principais mestres, Antoine Sibertin-Blanc, Louis Robilliard, Jean Langlais e Édouard Souberbielle. É também lincenciado em  Filosofia pela Universidade Católica e Mestre em Ciências Musicais pela Universidade de Coimbra.

 

Exibiu periodicamente, até 1990,  concertos em Portugal, França, Espanha, Itália e Alemanha, tanto a solo como integrando formações de música de câmara.

Posteriomente dedicou-se mais à investigação do património organístico em Portugal e à história da redescoberta deste património no século XX. 

Desenvolveu um projecto de estudo sobre os órgãos históricos de Aveiro e publicou vários trabalhos neste âmbito.  Foi Responsável pela actividade da AMPO – Associação Musical Pro Organo, dirigiu as Temporadas de Órgão, acompanhou os trabalhos de restauro de instrumentos históricos e colabora nas diversas iniciativas que se têm desenvolvido no sector organístico na cidade e região de Aveiro.

Lecionou em diversos Conservatórios do país foi Docente do Curso de Licenciatura em Ensino de Música  na Universidade de Aveiro responsável pela cadeira de Órgão entre 1994 e 2010 tendo lecionado a mesma até à sua recente aposentação.

 

imprimir
tags
outras notícias