conteúdos
links
tags
Campus
Sessão de entrega de medalhas a 200 trabalhadores
UA convoca comunidade para o novo caminho e elogia primeiro Reitor
Reitor elogiou o primeiro líder da Academia Aveirense recentemente falecido
Duzentos membros da comunidade da Universidade de Aveiro (UA) receberam medalhas por 10, 20, 25, 30, 35 e 40 anos de serviço, na cerimónia que decorreu na manhã de 1 de junho, no auditório Renato Araújo. Embora assinalando que os protagonistas são os medalhados e a comunidade UA, o Reitor Paulo Jorge Ferreira não deixou de lembrar o legado de Victor Gil, primeiro Reitor cuja visão de universidade está inscrita no que é hoje a matriz da UA.

O Reitor começou a intervenção expressando sentimentos contraditórios e após um minuto de silencio pelo falecimento de Victor Gil. "Aguardava o evento de hoje com uma expectativa muito particular porque é um momento anual de celebração, de convívio e alegria. Contudo, dou início à sessão em circunstâncias bastante diferentes das que tinha imaginado e num momento de emoções contraditórias", referiu.

Paulo Jorge Ferreira lembrou os membros da comunidade que faleceram neste último ano e que por isso não partilharam o dia com a comunidade: os estudantes João Paul e Renato Ramos (DETI); Bruno Cruz (Licenciatura em Economia); os trabalhadores Maria de Lurdes Almeida (SBIDM), Luís Manuel de Melo (STIC), Constância Garcia e Maria Emília Brito (SASUA), os docentes João Simão (DQ); Casimiro Ferreira (DMat), Manuel Domingues (Reitoria).

No entanto, por se ter tratado do falecimento mais recente, a referência maior foi para o primeiro Reitor, Victor Gil, que presidiu também à Comissão Instaladora da UA. Usando uma frase retirada da mensagem de condolências enviada pela Associação Académica (AAUAv), comentou: “Importante agora, é transformar a perda em processos de busca e acreditar que o futuro se constrói pela mudança.” Juntou ainda palavras de Victor Gil: “Se tivéssemos ficado à espera das grandes decisões do ministério, em matéria de Ensino Superior, a UA poderia não ter acontecido”. Agradecendo o legado de Victor Gil, o Reitor exortou: “Decidir e construir o futuro sem esperar que outros o decidam por nós”. “Temos ainda muito futuro para decidir e construir. O melhor, acerca do futuro é que o podemos escrever em conjunto.”

Pelo meio lembrou os 40 anos da AAUAv que vão ser assinalados durante o mês de junho: “O percurso da AAUAv é pela mesma causa e de igual dedicação. O aniversário merece uma menção especial neste dia importante para esta sempre vossa academia.”

As fotos da sessão podem visualizadas através desta ligação.

imprimir
tags
ficheiros associados
outras notícias