conteúdos
links
tags
Campus
Esta sexta-feira, dia 6 de abril
Escola Superior de Saúde da UA comemora 18 anos e presta homenagem a Helena Nazaré
Escola Superior de Saúde
A Escola Superior de Saúde da UA (ESSUA) comemora esta sexta-feira, 6 de abril, os seus 18 anos. A sessão comemorativa, que tem início às 15h00, integra um momento de tributo a Helena Nazaré, a primeira diretora desta Escola, e as intervenções do Reitor da UA, Manuel António Assunção, do atual Diretor da ESSUA, Rui Costa, e da Secretária de Estado da Saúde, Rosa Valente de Matos.

A cerimónia, aberta a toda a comunidade, inclui, ainda, a intervenção do Diretor do Departamento de Ciências Médicas da UA, Manuel António Santos, sobre a "Importância da criação de um Centro Clínico Académico para a Região".

ESSUA iniciou as suas atividades em 2001/02, ministrando atualmente os cursos de formação inicial de Enfermagem, Fisioterapia, Terapia da Fala e Imagem Médica e Radioterapia, oferecendo e colaborando em formação pós-graduada ao nível do 2º ciclo e participando em formação de 3º ciclo.

Os seus cursos têm sido dos mais procurados pelos alunos nos concursos de acesso ao ensino superior, possibilitando com a área de pós-graduação a formação e atualização de profissionais de saúde com novos conhecimentos e competências e a promoção da inovação e investigação. Hoje com um novo edifício, possui condições privilegiadas, de ensino, investigação e prestação de cuidados diferenciada colocando como filosofia subjacente à organização de toda a atividade da ESSUA a centralidade no doente.

Os desafios de saúde que a nossa sociedade enfrenta são complexos, estão associados a múltiplos fatores como sejam o envelhecimento da população, as alterações constantes do meio ambiente e a sua diversidade, as políticas nacionais e internacionais para a saúde, os diferentes caminhos e direções tomadas pela investigação básica e clínica (tantas vezes determinadas por fatores financeiros) e uma globalização que permite uma mobilidade de pessoas e bens impensável noutras eras.

A Escola Superior de Saúde de Aveiro tem o dever e o privilégio de ter condições para contribuir para que a vanguarda do conhecimento em saúde se realize no único objetivo que justifica a sua existência, a da real melhoria da saúde e da qualidade de vida de todos e de cada um.

Os seus formandos em Enfermagem, Fisioterapia, Terapia da Fala, Imagem Médica e Radioterapia são considerados e respeitados entre pares, estando esta Escola empenhada em melhorar continuamente a sua qualidade, formando profissionais verdadeiramente qualificados, recorrendo aos recursos instrumentais e metodológicos mais avançados em cada área, sem deixar de priorizar as necessidades emergentes da nossa sociedade só possível pelo contato direto e interação não só com as organizações de prestação de cuidados mas com autarquias, associações de cidadãos, as famílias ou o simples indivíduo.

A Escola Superior de Saúde de Aveiro tem como princípio ser uma Escola aberta, que se estende para as mais de cem instituições de saúde e para os mais de 500 profissionais que consigo colaboram diretamente na área de formação, de transferência de conhecimento ou de investigação, a que acresce a parceria com outras instituições de ensino superior nacionais e estrangeiras, área em constante evolução.

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias