conteúdos
links
tags
Desporto
AAUAv participou com três atletas
Medalha para o judo da AAUAv no Campeonato Nacional de Veteranos
Sérgio Machado, segundo a partir da esquerda, trouxe a medalha de bronze para Aveiro
Medalha de Bronze para Sérgio Machado ilumina participação da equipa do Núcleo da Associação Académica da Universidade de Aveiro (AAUAv) no Campeonato Nacional de Veteranos que decorreu a 4 de março, em Coimbra, prova cada vez mais concorrida. A equipa do Núcleo de Judo da AAUAv participou com três atletas.

João Pires, que competiu na categoria de -73Kg no escalão M4(45 aos 49 anos) fazia a sua estreia em Campeonatos Nacionais. Com quatro combates disputados, o atleta da AAUAv não conseguiu qualquer vitória, mas demonstrou que garra e empenho não lhe faltam. Sérgio Cunha, categoria de -90Kg, escalão M3 (40 aos 44 anos) esteve inserido numa categoria muito concorrida, e onde o sorteio não o favoreceu. Com uma prestação empenhada, não conseguiu sair do grupo e lutar pelas medalhas.

Sérgio Machado, categoria de -90Kg, escalão M1 (30 aos 34 anos) disputou dois combates. O resultado final foi o lugar mais baixo do pódio e, consequentemente, a medalha de bronze.

No final da prova, junto das famílias que acompanharam e puxaram pelos atletas, António Costa, também treinador da AAUAv, comentava: “O João fez a sua estreia nestas andanças. Esteve muito bem. Mostrou que tem aprendido nos treinos e que está no bom caminho. Para a próxima será, sem dúvida, melhor. O Sérgio Cunha teve um pouco de azar no sorteio. O grupo era forte e não deu para fazer melhor. Estou feliz com a sua prestação e com a colaboração que deu para com os seus colegas menos experientes. Este é o espirito que queremos no clube. O Sérgio Machado conseguiu subir ao pódio, o que é para nós motivo de orgulho. É empenhado e tem feito muitos progressos”. “Agora que já tem uma ‘carica’ em nacionais, vai ter que fazer melhor daqui para a frente”, acrescentou sorrindo.

O treinador António Costa, a participar na categoria de +90Kg, escalão M2 (35 aos 39 anos), pelo Sport Clube Vianense, conquistou o seu quinto titulo nacional consecutivo, somando por vitórias todos os quatro combates disputados. António Costa considera ter sido “uma prova dura”. “Foi bom competir, havendo gente na bancada a apoiar, como foram os casos das famílias dos nossos atletas e dos meus atletas mais novos.”

imprimir