conteúdos
links
tags
Investigação
Parceria coordenada pela UA envolve entidades portuguesas e moçambicanas
Parceria DOPPLER do projeto SKA financiada pela FCT/Fundação Aga Khan
Radiotelescópios SKA na África do Sul (foto: SKA South Africa).
A parceria DOPPLER (DevelOpment of PaloP knowLEdge in Radioastronomy), no âmbito do projeto internacional de radioastronomia SKA, coordenada pela Universidade de Aveiro (UA) e pelo Instituto de Telecomunicações (IT), em colaboração com várias outras instituições portuguesas e moçambicanas, recebeu financiamento da Fundação Aga Khan. A 16 de fevereiro, o coordenador Valério Ribeiro, investigador da UA, apresentará o DOPPLER no primeiro workshop da “AKDN-FCT Collaborative Research Network in Portuguese speaking countries in Africa” a decorrer no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC).

Da parceria DOPPLER fazem parte, para além da UA/IT-Aveiro, a Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), a Universidade de Coimbra (UC), a Universidade Eduardo Mondlane (UEM, Moçambique) e a Organização Não Governamental Osuwela (Moçambique). O Cluster de Competitividade TICE.PT apoia a parceria. Trata-se de um dos projetos das Ciências Exatas e Engenharia financiado através do 1º Concurso Conjunto Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)-Aga Khan Development Network (AKDN) no âmbito da Iniciativa Conhecimento para o Desenvolvimento.

O DOPPLER visa a promoção de um desenvolvimento sustentável através da capacitação e a excelência científica e foi recomendado para financiamento (300 mil euros). Surge alavancado no ENGAGE SKA, nodo português do projeto Square Kilometre Array (SKA) e Infraestrutura de Investigação do Roteiro Nacional das Infraestruturas de Investigação de Relevância Estratégica. O DOPPLER promoverá colaborações entre as instituições portuguesas e moçambicanas nas áreas da Astronomia, Observação da Terra, e “Big Data”, combinando projetos internacionais sinérgicos de capacitação em África e na Europa alinhados com programas como o SKA, o Africa VLBI Network e o Copernicus. Estão incluídas iniciativas para promover e reforçar a capacitação mútua, em particular na formação avançada com impacto em áreas de biodiversidade, segurança alimentar, e gestão de recursos.

O plano de trabalhos do DOPPLER inclui: organizar workshops pedagógicas; promover as sinergias com a indústria; alavancar os estágios e visitas de equipas entre Portugal e Moçambique; organizar demonstrações científicas e tecnológicas em escolas, universidades e indústria. Estas atividades promovem a implementação das recomendações dos parlamentos da União Europeia e da União Africana que reconhecem a Radioastronomia como motor de desenvolvimento tecnológico e científico com impacto numa ampla gama de sectores. A parceria promove o estabelecimento de fortes colaborações entre equipas portuguesas e moçambicanas para preparar o futuro, quando o maior radiotelescópio do mundo, o SKA, for concluído em África na segunda metade da década de 2020.

A 16 de fevereiro, o coordenador do projeto apresentará o DOPPLER no workshop da “AKDN-FCT Collaborative Research Network in Portuguese speaking countries in Africa” a decorrer no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC).

 Aga Khan Development Network (AKDN):

http://www.akdn.org/where-we-work/europe/portugal

EngageSKA:

http://engageska.aws.atnog.av.it.pt/

É um projeto do Roteiro Português das Infraestruturas de Pesquisa de Relevância Estratégica que estabelece a capacidade humana e um plano de sustentabilidade para a Infraestrutura da E-Ciência Verde colocando a participação portuguesa na vanguarda do Square Kilometre Array (SKA) como um Laboratório Aberto de Vida de Inovação.

imprimir