conteúdos
links
tags
Concursos e Prémios
Candidaturas até 28 de fevereiro
Prémio de Jornalismo Fernando de Sousa
Prémio homenageia o jornalista Fernando de Sousa
No âmbito do respeito pela liberdade e pelo pluralismo da comunicação social, a Representação da Comissão Europeia em Portugal lança a segunda edição do Prémio de Jornalismo Fernando de Sousa em 2018, uma homenagem a um dos grandes jornalistas portugueses perito em assuntos europeus. A apresentação de candidaturas deve ser efetuada entre 1 de janeiro e 28 de fevereiro.

O Prémio de Jornalismo «Fernando de Sousa» é atribuído a jornalistas e a estudantes do ensino superior de cursos de jornalismo ou comunicação social que tenham contribuído de forma notável para clarificar questões importantes a nível europeu ou que tenham promovido uma melhor comunicação entre as instituições da UE e os cidadãos europeus em Portugal. 

O Prémio de Jornalismo Fernando de Sousa será atribuído pela segunda vez a 9 de maio de 2018, Dia da Europa, a trabalhos desenvolvidos nas áreas de imprensa escrita, rádio, televisão e internet em três categorias:

- categoria jornalista – media nacional (um prémio atribuído a um jornalista detentor de carteira profissional; ou por uma equipa da qual conste um jornalista detentor de carteira profissional e que seja publicado/difundido num media de âmbito nacional.)

- categoria jornalista – media regional (um prémio atribuído a um jornalista detentor de carteira profissional; ou por uma equipa da qual conste um jornalista detentor de carteira profissional e que seja publicado/difundido num media de âmbito regional ou local).

- categoria estudante (um prémio atribuído a um estudante, ou a uma equipa de no máximo cinco elementos, do ensino superior de jornalismo ou comunicação social).

 

O prémio contempla artigos e reportagens que abordem questões importantes a nível europeu ou promovam um melhor entendimento das instituições ou políticas da União Europeia, publicados ou difundidos entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2017, elaborados em português e que não tenham recebido outro prémio até à data de encerramento das candidaturas.

Para a categoria Jornalista serão admitidos os trabalhos que tenha sido publicados ou difundidos num meio de comunicação legalmente registado em Portugal e para a categoria Estudante aqueles que tenham sido publicados ou difundidos num meio de comunicação legalmente registado em Portugal ou num meio de comunicação ou sítio Web de uma instituição de ensino superior. Pode ainda ser um trabalho académico de cariz jornalístico certificado por docente universitário.

São elegíveis autores individuais ou equipas compostas por cinco pessoas, no máximo. Pelo menos um dos membros da equipa deve ser nacional ou residente num Estado-Membro da União Europeia

Os interessados devem consultar o regulamento completo desta edição.

imprimir