conteúdos
links
tags
Conferências
Dias 7 e 8 de setembro, no Auditório do Departamento de Engenharia Mecânica
Cerca de 20 entidades reúnem-se na UA na primeira Conferência Internacional “Cork in Science and Applications”
Conferência internacional ¿Cork in Science and Applications¿¿
Nos dias 7 e 8 de setembro de 2017, no Departamento de Mecânica da Universidade de Aveiro (UA), decorre a primeira conferência internacional “Cork in Science and Applications”, um fórum de discussão de ideias e geração de contactos entre a indústria da cortiça e a academia, na busca da promoção de novas aplicações para o material celular de excelência nacional. Este evento reúne cerca de 50 pessoas de 20 entidades, entre as quais entidades do SCTN, do setor empresarial e do setor associativo.

Está a decorrer na Universidade de Aveiro, a Conferência “Cork in Science and Applications” que toma pela primeira vez o formato de Conferência Internacional. O evento conta com o apoio da AMORIM Cork Composites, que é patrocinador principal deste evento, e traz consigo uma forte componente industrial ao evento.

A Amorim Cork Composites faz parte da Corticeira Amorim, que detém uma posição de liderança mundial na indústria da cortiça. A sua missão é valorizar a cortiça, desenvolvendo soluções com compósitos sustentáveis para múltiplas aplicações. A cortiça não utilizada pela indústria de rolhas é a matéria-prima que utilizamos para o desenvolvimento de um portefólio de materiais destinado a várias indústrias – desde a construção, com soluções termo-acústicas, decoração de casa e escritório, objetos de design e funcionais que aproximam a cortiça do consumidor final, até ao desenvolvimento de materiais para indústrias de alta tecnologia – indústria automóvel, aeronáutica e aeroespacial.

Os trabalhos apresentados relacionam-se com o setor da cortiça, nas suas diferentes vertentes de aplicação, e contemplam resultados de trabalhos que abordam desde as aplicações mais tradicionais nas rolhas de champagne até ao uso como filamento para impressão 3D, passando também pela análise da pegada de carbono, da sua aplicação como absorvente de contaminantes, entre muitos outros.

De entre as várias entidades privada e públicas aqui reunidas, estão o LNEG, a AMORIM Cork Composites e a UA, as entidades portuguesas envolvidas no projeto KATCH_e, lançado em janeiro de 2017 e que faz parte do programa ERASMUS + , Alianças de Conhecimento. O KATCH_e reúne 11 parceiros de quatro países da UE para abordar o desafio de reforçar as competências no domínio do desenvolvimento de produtos e serviços para a economia circular e a sustentabilidade nos setores da construção e do mobiliário, e em Portugal o foco será dado os produtos de base florestal, nomeadamente a cortiça.

Para além das sessões da Conferência (cujo programa pode ser consultado no website), o evento contempla ainda a apresentação de trabalhos na forma de poster e um espaço expositivo, onde está em apresentação a Plataforma Tecnológica da Floresta da Universidade de Aveiro e a empresa YogurtNest.

A Plataforma Tecnológica da Floresta da UA, uma das oito estruturas informais que foram criadas com o objetivo de reforçar a ligação da Universidade de Aveiro ao tecido empresarial, autarquias e outras entidades nas áreas de maior relevo para o tecido económico, social e cultural. Esta é constituída por docentes e investigadores, enquadra-se na aposta da Universidade de Aveiro em articular competências internas direcionadas para setores-chave da economia nacional e regional, com o intuito de dar uma resposta articulada e multidisciplinar, neste caso particular ao setor económico da Floresta. Esta participação enquadra-se no projeto INTEGRA@TEC - Transferência de competências integradas e geradoras de inovação empresarial na Região Centro, cofinanciado pelo Centro 2020 - Programa Operacional Regional do Centro, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

O YogurtNest é a primeira iogurteira natural 100% ecológica, que promete revolucionar completamente a tradição do iogurte caseiro e que acumula ainda a função de mala térmica (para quentes e frios) e ainda de slow cooker. É 100% Português e confeccionado em tecido e cortiça. Permite reduzir o gasto em dinheiro, tempo, embalagens plásticas e pegada ecológica, passando a alimentar a nossa família de uma mais saudável, sustentável e divertida.

Em 2019, este fórum de discussão de ideias e geração de contactos entre a indústria da cortiça e a academia, na busca da promoção de novas aplicações para o material celular de excelência nacional, acontecerá em Espanha e será promovido pelo Catalan Cork Institute, em Palafrugell.

Mais informações podem ser encontradas no site da iniciativa.

imprimir
tags
ficheiros associados
outras notícias