conteúdos
links
tags
Investigação
Aval da ERC permite avançar para outra fase dos estudos de Marketing na UA
Universidade de Aveiro credenciada para a realização e divulgação pública de sondagens políticas e eleitorais
José Albergaria, diretor do UA-CIMAD, e o Reitor da UA, Manuel António Assunção
O Centro de Informação de Marketing e Análise de Dados (UA-CIMAD), até agora dedicado a estudos de mercado, sondagens de opinião, projetos de marketing empresarial e recolha e tratamento estatístico de dados, é o responsável pela extensão da atividade da Universidade de Aveiro (UA) à realização e divulgação pública de sondagens políticas e eleitorais. A extensão da atividade é possível depois da credenciação recentemente atribuída pela Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC).

Desde a sua criação em 2009, e cerca de dois anos após a abertura do curso de Licenciatura de Marketing no ISCA-UA (que oferece hoje igualmente um Curso de Mestrado e um Curso de Técnicos Superiores Especializados na mesma área científica), que o Centro tem vindo a realizar estudos de mercado e sondagens de natureza comercial e recolha e tratamento estatístico de dados, para entidades diversas um pouco por todo o país. Mas não apenas para o exterior. A unidade tem sido um parceiro relevante na atividade do Observatório do Percurso Socioprofissional dos Diplomados da UA. Através dos trabalhos realizados até agora por este Centro, não só o ISCA-UA concretiza uma das suas missões como unidade de ensino superior politécnico – a prestação de serviços ao exterior -, como os alunos de Marketing têm a oportunidade de ter contacto estreito com a prática e desenvolvimento real dos conceitos aprendidos em aula.

O centro, sedeado no Instituto Superior de Contabilidade e Administração da Universidade de Aveiro (ISCA-UA), torna assim possível a entrada da UA num contingente muito restrito de instituições nacionais com o mesmo estatuto. Para a Universidade, e em particular para todos os membros do UA-CIMAD, afirma José Albergaria, docente do ISCA-UA, diretor e simultaneamente diretor técnico do Centro, “este é um passo em frente numa nova e desafiante área de interesse académico, político e social.” 

O UA-CIMAD conta no seu quadro técnico, formado exclusivamente por doutores e especialistas nas áreas de marketing, gestão, economia, psicologia e estatística, com dois antigos diretores de gabinetes/centros de pesquisa de mercado e opinião. Além disso, e como salienta José Albergaria, “todos os seus membros estão, pela experiência prática, familiarizados com estudos de opinião e de mercado e o respetivo tratamento e análise dos dados e resultados”.

O UA-CIMAD possui instalações dedicadas especificamente à realização de estudos de opinião por inquérito telefónico (Call Center equipado com CATIComputer Assisted Telephonic Interviews), e um universo privilegiado de recrutamento e seleção entre os alunos da UA - selecionados e formados especificamente em cada projeto - para a condução de entrevistas e trabalhos de campo com o “alto padrão de rigor, integridade e credibilidade que a UA exige”, acrescenta ainda o responsável do Centro.

Em breve, o Centro iniciará a nova fase da sua atividade com um estudo dedicado à autarquia aveirense, anuncia igualmente o diretor. 

imprimir
tags
outras notícias