conteúdos
links
tags
Cultura
A 9 de fevereiro, às 22h30
Coletivo pós-rock Indignu dá concerto no Espaço GrETUA
Os Indignu vão tocar no Espaço GrETUA
As afinidades sonoras podem estar em projetos como os de Sigur Rós, Godspeed You! Black Emperor, Mogwai ou Tortoise, exemplos do género pós-rock que terá sido batizado pelo crítico Simon Reynolds, na revista Mojo, em 1994, a propósito de um disco dos Bark Psychosis. Mas nada melhor do que ouvir e apreciar. Os Indignu são portugueses, de Barcelos, e vão estar no Espaço GrETUA (por detrás do Estabelecimento Prisional de Aveiro), a 9 de fevereiro, a partir das 22h30.

Os indignu são um coletivo post-rock originário de Barcelos e que, depois do primeiros anos, tem vindo a consolidar o seu trabalho no panorama musical alternativo desde o disco “Odyssea”, em 2013. O novo disco “Ophelia” tem sido muito bem recebido, sobretudo, fora do país. O coletivo é formado por Afonso Dorido (guitarra,baixo), Graça Carvalho (violino e sintetizador), Helena Silva (violino), Jimmy Moom (guitarra, metalofone, baixo), Paulo Miranda (bateria) e Mateus Nogueira (baixo, piano, guitarra). Depois de passar por Lisboa e Porto, a banda está em turné pelo país, turné esta que arranca em Aveiro, dia 9 de fevereiro, no GrETUA. Os Indignu levam na bagagem “Ophelia” gravado nos meses de agosto de 2015 e fevereiro/março de 2016.

“Ophelia” foi produzido no AMP Studios (em Viana do Castelo), por Paulo Miranda, também produtor de trabalhos como os de The Legendary Tiger Man, peixe: avião, Old Jerusalem, entre outros. A masterização esteve a cargo de Miguel Marques, nos estúdios Sá da Bandeira, Porto, que masterizou também discos de Capitão Fausto, Keep Razors Sharp, Glockenwise e Filho da Mãe.

indignu \\ concerto \\ 22h30 \\ estudante 3€ \\ normal 4€.

Reservas: bit.ly/reservasgretua

Mais informações sobre o projeto Indignu: https://www.facebook.com/indignu .

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias