conteúdos
links
tags
Desporto
Gonçalo Correia carimba passaporte para o Campeonato Nacional do escalão de Cadetes
Atleta da Associação Académica da UA conquista título zonal em Judo
O primeiro lugar de Gonçalo Correia na Campeonato Zonal vale a presença no Campeonato Nacional
Gonçalo Correia, atleta da Associação Académica da Universidade de Aveiro (AAUAv), conquistou o título zonal de Cadetes em Judo, numa das categorias mais concorridas e tradicionalmente mais complicadas - menos de 66 Kg - carimbando assim o passaporte para o Campeonato Nacional do escalão de Cadetes.

O Pavilhão Municipal de Fontelo, em Viseu, recebeu no passado sábado, dia 21 de janeiro, o Campeonato Zonal de Cadetes. Esta prova, que era a última a pontuar para a lista de apuramento para o Campeonato Nacional do escalão de Cadetes, que se realizará em Odivelas no próximo dia 11 de fevereiro, atribuía o Titulo de Campeão Zonal. Quem conquistasse o título, nas diferentes categorias, carimbava de forma direta o passaporte para a mais importante prova do calendário nacional do escalão.

Gonçalo Correia, atleta da AAUAv, foi disputar a prova na categoria de -66 Kg, acompanhado pelo treinador António Costa. O objetivo estava apontado para a conquista do maior número de pontos possível para a Lista de Classificação Desportiva. “O Objetivo era o Gonçalo fazer muitos combates e aferir o seu momento de forma. Mas, honestamente, surpreendeu toda a gente, incluindo-me a mim, que vi uma raça enorme no Gonçalo, que geralmente não vemos no treino”, referiu o treinador.

Numa categoria de seis atletas, Gonçalo Correia foi colocado numa poule de três, onde contou por vitórias todos os combates. No combate da meia final, o judoca levou a melhor sobre o seu adversário, o que lhe abriu portas para a disputa do título zonal. A final, contra um atleta mais graduado, foi disputada de forma agressiva mas controlada pelo aveirense, que conquistou assim o seu primeiro título zonal da carreira. Agora o objetivo passa por um bom resultado no Campeonato Nacional.

Na soma dos cinco combates realizados, Gonçalo Correia averbou cinco vitórias por Ippon (pontuação máxima) de forma rápida. Na soma de todos os combates, o atleta aveirense esteve no tapete pouco mais de quatro minutos, demonstrando bem a superioridade sobre os seus opositores.

“Agora é gozar o título, que muitos nunca conseguiram, e treinar mais porque as responsabilidades são maiores. Segunda já começamos a trabalhar para o nacional”, adianta António Costa. No final, Gonçalo Correia era um atleta notoriamente satisfeito com o seu desempenho, mostrando vontade de trabalhar e dedicar-se mais para não descer o nivel. 

imprimir