conteúdos
links
tags
Campus
Programa de acolhimento decorre até quarta-feira
"Estamos muito contentes por vos ter cá"
Sessão de boas vindas aos novos estudantes da UA 2016-2017
A atuação da Tuna Universitária de Aveiro (TUA), a mensagem de boas vindas do Reitor, previamente gravada em vídeo para que a sua ausência de Portugal não o impedisse de manifestar aos novos alunos da Universidade de Aveiro (UA) o seu agrado pela escolha desta academia, e as intervenções do Vice-Reitor, Gonçalo Paiva Dias, e do Presidente da Associação Académica da Universidade de Aveiro (AAUAv), Henrique Cruz, marcaram o arranque do programa de acolhimento 2016/2017, esta segunda-feira, 19, de manhã.

O agrado pelo facto de estes novos alunos passarem a fazer parte de uma Universidade que se preocupa com a qualidade do ensino que ministra, com a empregabilidades dos seus cursos, mas que vive igualmente um são ambiente humano que se carateriza pela proximidade entre todas as pessoas, foi uma das mensagens que o Reitor, Manuel António Assunção, quis deixar aos estudantes da UA e das suas quatro escolas politécnicas que iniciam agora o seu percurso nesta academia.

Lembrando que a formação não se faz apenas na sala de aula, o Reitor alertou para a possibilidade que a UA dá este ano a todos os alunos de frequentarem gratuitamente mais duas Unidades Curriculares, o que constitui uma possibilidade de desenvolver competências que contribuem para a formação integral dos indivíduos, sendo as competências linguísticas um bom exemplo destas competências fundamentais.

O contentamento por a UA ter tido este ano tão elevado número de novos alunos (4 mil, contando também com os estudantes de cursos técnicos superiores profissionais, de mestrado, de doutoramento e ainda com os estudantes de mobilidade e de cursos não conferentes de grau) foi igualmente a ideia central da mensagem de boas vindas proferida pelo Vice-Reitor, Gonçalo Paiva Dias. “São números impressionantes (…) que dão especial significado a este dia”, sublinhou.

O Vice-Reitor para a área da formação lembrou que no ensino universitário, a UA preencheu mais de 97% das vagas postas a concurso, tendo sido a quarta universidade nacional com maior taxa de preenchimento de vagas e no ensino politécnico a segunda. “Há ainda a registar um aumento de perto de 10% dos estudantes que selecionaram um curso da Universidade de Aveiro em primeira escolha, e um aumento de 40% do número de estudantes que o fizeram com médias iguais ou superiores a 17,5 valores”, adiantou.

Henrique Cruz, presidente da AAUAv felicitou os novos colegas por “terem entrado na melhor Academia do País!” e recordou a principal vocação da Universidade: formar cidadãos capazes de construir uma sociedade almejada por todos, esclarecendo que tal se consegue através do desporto, da cultura, do associativismo, do voluntariado e outras experiências que só a vivência académica proporciona. “E esta é a palavra chave: experiências”, desafiando: “Experimentem sem medo, mas com consciência. É em Novas Aventuras que adquirimos novas competências que não se aprendem dentro da sala de aula.”

O primeiro dia do programa de acolhimento prosseguiu com um peddy paper.

As atividades de terça-feira, 20, começam logo de manhã, centram-se nos departamentos e escolas da UA e incluem visitas às diferentes unidades orgânicas (ver programas em ficheiros anexos).

Fique atento ao facebook da UA e veja o álbum de fotos que vamos publicando sobre as diferentes iniciativas do programa de acolhimento deste ano.

 

imprimir
tags
veja também
 
ficheiros associados