conteúdos
links
tags
Entrevistas
Estudantes internacionais, Ferdial Pereira
De Timor-Leste para a UA
Ferdial Pereira
Ferdial dos Santos Pereira, 21 anos, chegou à Universidade de Aveiro em maio de 2012 para, ao abrigo da cooperação entre esta Universidade e o Ministério de Educação de Timor-Leste, participar num curso de preparação para frequência do ensino superior. Com bolsa de estudo, concedida pelo Fundo de Desenvolvimento do Capital Humano/Ministério de Educação da República Democrática de Timor-Leste, ingressou no Ensino Superior português ao abrigo do Regime Especial de Acesso para Naturais e Filhos de Naturais do Território de Timor-Leste e atualmente está no 2º ano de Novas Tecnologias da Comunicação (NTC).

Natural do distrito de Lautem, Ferdial lembra as iniciais dificuldades de comunicação em português e a adaptação ao clima, mas realça o bom acolhimento e o multiculturalismo da UA, salientando as diferentes atividades em que os estudantes se podem envolver, assim como os vários serviços de apoio que a instituição oferece. “A Universidade tem a sua própria cidade universitária”, sublinha, acrescentando: “é uma boa Universidade para estudar devido ao seu sistema de educação - que oferece também cursos de natureza politécnica -, à qualidade do seu ensino, às infraestruturas de apoio, ao ambiente amigável, aos docentes que são peritos nas suas áreas de conhecimento, o que nos permite obter conhecimentos e competências técnicas na nossa área. Além disso, a própria cidade é destinada aos estudantes”.

Já perfeitamente integrado e com amigos dentro e fora do campus universitário, este futuro licenciado em NTC faz parte da equipa masculina de futsal do seu curso. No final do próximo ano letivo, já de volta à sua terra natal, Ferdial quer contribuir para desenvolver o seu país e “partilhar o conhecimento adquirido na UA com os jovens timorenses.”

imprimir
tags
veja também
 
outras notícias